Pravda.ru

Notícias » CPLP


Direito de resposta: Instituto Millenium

15.01.2021 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Direito de resposta: Instituto Millenium. 34730.jpeg

Direito de resposta: Instituto Millenium

 

No dia 10 de Janeiro publicamos o artigo "O imperialismo da virtude", segue a ligação:

 

https://port.pravda.ru/news/busines/10-01-2021/52097-imperialismo_virtude-0/

 

Este artigo acabou com esse parágrafo:

 

"Esse tipo de atuação das lideranças capitalistas, nascido nos Estados Unidos, está sendo copiado no mundo inteiro, inclusive no Brasil. Um exemplo disso é o Instituto Millenium, criado em 2005  pela economista Patrícia Carlos de Andrade e pelo professor de filosofia Denis Rosenfield, que visa difundir uma visão liberal do mundo, mas que acabou adotando posições de direita no espectro político brasileiro. Millenium conta com o apoio de importantes grupos empresariais e dos  meios de comunicação de massa, buscando influenciar a sociedade brasileira através da divulgação das idéias de seus representantes, especialistas e colunistas; Entre seus associados, estão figuras conhecidas como os economistas Armínio Fraga, Alexandre Schwartsman,  Gustavo Franco; empresários  como Jorge Gerdau, Nelson Sirosty, Willian Ling, João Roberto Marinho e jornalistas como Pedro Bial e Rodrigo Constantino".

 

O Instituto Millenium queria registar esta resposta:

 

"O Instituto Millenium não concorda com a publicação do dia 10/01/2021, no qual o Millenium é vinculado a estratégias políticas. Reforçamos que o Instituto Millenium é uma entidade sem fins lucrativos e sem vinculação político-partidária. O think tank promove valores e princípios que garantem uma sociedade com liberdade individual, economia de mercado, democracia representativa, Estado de Direito".

 

Nota editorial:

Acredito na liberdade de expressão, que inclui o direito de opinar e os leitores estão livres de formar as suas próprias ideias tomando em conta a enorme quantidade de informação, às vezes desinformação, que é disponível por aí.  Se há liberdade de expressão, também há o direito de responder, que é o que acontece aqui neste caso.

 

Como sempre, não vou opinar sobre uma coisa que desconheço: não vivo no Brasil e nunca ouvi falar deste Instituto. Eu pessoalmente traçaria uma linha entre "adotar" "posições de direita no espectro político brasileiro" e ser "vinculado a estratégias políticas" mas coloco aqui o trecho do artigo original e respeito o direito de resposta do Instituto Millenium, que acho o procedimento correcto. Os leitores é que têm de discernir.

 

Assim, o jornal Pravda.Ru mantém-se fiel à sua posição de respeitar a Liberdade de Expressão.

 

 

 

 

 

 
3425