Casamance: Instabilidade corrigida

Um acampamento em Barraca Mandioca, perto de São Domingos, foi destruído durante uma operação do exército de Guiné-Bissau. O acampamento foi alegadamente a base de operações do chefe dos rebeldes de Casamance, Salif Sadio.

Durante a operação, lança-foguetes foram disparados contra a base. Salif Sadio tinha utilizado esta base para seus ataques em Casamance, sul de Senegal.

Djibril MUSSA PRAVDA.Ru GUINÉ-BISSAU