Angola: Formação beneficia dezenas de crianças

Angola: Formação beneficia dezenas de crianças

O Ministério da Comunicação Social e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), realizam de 21 a 23 de Agosto uma "Formação Nacional de repórteres e apresentadores infantis", no âmbito das acções de revitalização dos espaços infantis para o cumprimento do Compromisso 10, "A criança na Comunicação Social, Desporto e Cultura, e para celebrar os 30 anos da Convenção dos Direitos da Criança que se assinalam a 20 de Novembro de 2019.

A Formação que vai beneficiar mais de 50 crianças de diferentes programas infantis e os seus respectivos realizadores, servirá para reforçar os seus conhecimentos e técnicas para a recolha e produção de informação sobre e para as crianças, bem como a criação de círculos de comunicação de crianças a nível provincial.

A formação servirá ainda para fornecer ferramentas que permitirão as crianças tratar com outras crianças questões como o direito ao Registo de Nascimento e o combate a violência contra a criança, temáticas incluídas no projecto Registo de Nascimento e Justiça para Crianças financiado pela União Europeia.

Para além da formação das crianças e realizadores prevê-se ainda um workshop com gestores dos órgãos de comunicação, sobre a importância de se investir na programação infantil destacando o retorno financeiro a nível comercial para órgãos.

A participação da criança nos media e noutros espaços, é um dos principais direitos estabelecidos na Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), juntamente com a sobrevivência, o desenvolvimento e a protecção. Com a criação dos 11 Compromissos para com a criança, em 2007, especificamente o 10º Compromisso sobre a Criança na Comunicação Social, Angola colocou na agenda nacional o direito à participação dos seus cidadãos mais jovens, criando as condições políticas e materiais para a garantia do direito à liberdade de expressão, a liberdade de pensamento, consciência e religiãoe acesso a informação adequada.

As crianças e os jovens são os actores mais indicados para desenvolver a comunicação com os seus pares, e representam potenciais transmissores de informação no seio das famílias e das comunidades. Assim, investir na formação e informação das crianças pode contribuir significativamente para a mudança de comportamento das famílias

angolanas; a consolidação de uma sociedade mais democrática e participativa; e a promoção do desenvolvimento social.

Constam do programa da formação, palestras sobre os Direitos da Criança e os 11 Compromissos, um workshop com os realizadores de programas infantis, troca de experiência com antigos repórteres infantis, visitas aos estúdios da TPA Camama e as instalações do UNICEF e do INAC.

A sessão de abertura formação acontece no dia 21 de Agosto, pelas 9:00, no Hotel Wassa, situado no Benfica, em Luanda.

Luanda, aos 20 de Agosto de 2019

 

REPÚBLICA DE ANGOLA

MINISTÉRIO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL

COMUNICADO DE IMPRENSA

 

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal