Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Tigray, Etiópia: Crise humanitária - 90% das pessoas com falta de comida

02.06.2021 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Tigray, Etiópia: Crise humanitária - 90% das pessoas com falta de comida. 35513.jpeg

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU lança o alarme sobre o alto número de pessoas que precisam de assistência alimentar de emergência na região afetada pelo conflito no norte da Etiópia, após sete meses de combates. Mais de 90% das pessoas na região de Tigray precisam de ajuda alimentar de emergência.

"Um total de 5,2 milhões de pessoas, equivalente a 91% da população de Tigray, precisam de assistência alimentar emergencial devido ao conflito", disse o porta-voz do PMA, Tomson Phiri, a repórteres em Genebra.

As autoridades apelaram por US $ 203 milhões (€ 166 milhões) para combater o problema da fome naquele país. Na semana passada, um alto funcionário da ONU alertou o Conselho de Segurança da ONU que medidas urgentes eram necessárias para evitar a fome em Tigray.

"Há um sério risco de fome se a assistência não for ampliada nos próximos dois meses", escreveu Mark Lowcock, o principal coordenador de ajuda emergencial da ONU, que acrescentou que "mais de 90% da colheita foi perdida devido a saques, queimadas ou outra destruição, e que 80% do gado na região foi saqueado ou abatido."

História do conflito

O primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 2019, enviou tropas para a região norte em novembro.

O exército agiu para deter e desarmar líderes da Frente de Libertação do Povo Tigray (TPLF), o antigo partido no poder da região, que o governo acusou de atacar bases militares.

Abiy, cujas forças são apoiadas por tropas da Eritreia e combatentes da região de Amhara, na Etiópia, declarou vitória no final de novembro.

Os combates e relatos de abusos dos direitos humanos continuaram, gerando temores de um conflito prolongado com efeitos devastadores sobre a população civil.

  

Até hoje mais que dois milhões de pessoas foram forçadas a deixar as suas casas.

  

Fonte: ONU, Agências

Pravda.Ru

Foto: https://en.wikipedia.org/wiki/Tigray_War#/media/File:Tigray_Genocide_Protest_on_March_26,_2021_in_NYC.jpg

 

 
2609