Liga Islâmica mundial condena acto terrorista em Moscovo

O secretário-geral da Liga Islâmica Mundial, Abdallla-al-Turki, condenou o recente acto terrorista ocorrido em Moscovo há uma semana.

Nas conversações com o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Aleksandr Saltanov, al-Turki realçou que "o Islão, como uma religião de justiça, misericórdia e bondade, não tem nada tem a ver com tais acções bárbaras realizadas por os assim chamados defensores da fé".

Segundo Saltanov, "os acontecimentos dramáticos de há uma semana tornam imperiosa a tarefa de fazer com que os extremistas não possam lançar mão de divergências políticas e religiosas". Daí, a necessidade de desenvolver um diálogo civilizado entre as diferentes confissões religiosas, salientou.

© RIAN