Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Venezuela denuncia operações de desinformação e agressão política

06.09.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Venezuela denuncia operações de desinformação e agressão política. 33931.jpeg

Venezuela denuncia operações de desinformação e agressão política

Caracas, 3 set (Prensa Latina) O embaixador venezuelano nas Nações Unidas, Samuel Moncada, denunciou hoje o envolvimento da empresa americana CLS Strategies em operações de desinformação contra a nação sul-americana.

Através da rede social Twitter, o diplomata mencionou o pagamento de milhões de dólares ao Facebook pela corporação sediada em Washington para criar uma rede de agressão política em favor da oposição na Venezuela, Bolívia e México.

'A empresa CLS Strategies, com sede a poucos quarteirões da Casa Branca, vem conspirando há anos com contas falsas para derrubar o governo venezuelano. O porta-voz deles diz que eles têm uma longa tradição de trabalho internacional. Quem lhes paga?' questionou Moncada.

Ele disse que a CLS Strategies criou centenas de contas com perfis falsos no Facebook e na Instagram para manipular a opinião pública; 'as contas já foram fechadas, mas este não é o único caso de guerra de informação de Washington', disse o embaixador na ONU.

Mark Feierstein, parceiro do CLS, ex-funcionário da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e analista do Centro Internacional de Estudos Estratégicos, publicou um artigo em 2017 com propostas de estratégias para derrubar o governo venezuelano, lembrou Moncada.

Ele apontou a empresa como um agente do colonialismo do governo dos EUA na América Latina, mencionando sua interferência nas campanhas eleitorais no México, bem como sua participação em operações de desinformação para 'lavar a imagem' das autoridades de facto da Bolívia.

http://www.patrialatina.com.br/venezuela-denuncia-operacoes-de-desinformacao-e-agressao-politica/

 

 
2241

Fotos popular