Ursula von der Leyen apaga seu vídeo no qual ela falou das perdas da Ucrânia

Um vídeo da chefe da Comissão Européia, Ursula von der Leyen, no qual ela falou sobre 100.000 soldados ucranianos mortos, desapareceu de sua conta no Twitter*.

No vídeo, Ursula von der Leyen disse que a Ucrânia havia perdido até 100.000 soldados desde o início da operação especial.

A Comissão Européia ainda não comentou sobre a eliminação do posto.

Em 30 de novembro, Ursula von der Leyen estimou as perdas da Ucrânia em 100.000 soldados e oficiais.

Segundo o chefe da Comissão Européia, "mais de 100.000 soldados ucranianos e mais de 20.000 civis morreram" desde o início da operação especial na Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022.

Em setembro, Serhiy Krivonos, General das Forças Armadas da Ucrânia, disse que Kyiv havia perdido centenas de milhares de pessoas durante a operação especial.

O escritório de Zelesnky responde aos relatórios sobre as perdas da Ucrânia

O porta-voz de Zelensky respondeu aos relatórios da UE sobre as perdas das Forças Armadas da Ucrânia.

As informações sobre as perdas são sensíveis e devem ser expressadas apenas pelo comandante-chefe, pelo ministro da defesa ou pelo próprio chefe de estado, disse o porta-voz de Zelensky Sergey Nikiforov em um comentário para o canal de telegramas ucraniano Suspilne.

* rede social reconhecida como extremista, banida na Rússia

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin