Kremlin: A Rússia ainda está pronta para conversações com a Ucrânia, mas as condições mudaram

O presidente russo Vladimir Putin, em uma reunião com seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan, disse que Moscou estava pronto para negociar com Kyiv desde que um princípio fundamental fosse observado, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Os comentários de Peskov vieram em resposta a relatórios sobre as novas condições de Moscou para as negociações com o lado ucraniano, relatórios Interfax.

Trata-se do princípio quando todos os objetivos da operação militar especial são alcançados.

"A situação muda, assim como as condições - já dissemos isto muitas vezes", disse o porta-voz, acrescentando que a Rússia estava pronta para negociar.

De acordo com Peskov, também foi observado na reunião dos chefes de Estado que a Ucrânia deixou completamente a trilha da negociação.

Em 26 de setembro, o Ministro das Relações Exteriores turco Mevlut Cavusoglu disse que Putin disse a Erdogan que estava pronto para voltar às negociações com Kyiv, embora em condições novas. O presidente disse que, à margem da cúpula da Organização de Cooperação de Xangai (SCO), o ministro disse.

O presidente russo se reuniu com seu homólogo turco na cúpula da SCO em Samarkand, Uzbequistão, em 16 de setembro. Durante as conversações, eles discutiram, em particular, o conflito na Ucrânia e a situação do abastecimento de grãos através do corredor no Mar Negro.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin