A Rússia pode obter drones de combate do Irã em troca de jatos de combate

O Irã poderia fornecer o primeiro lote de veículos aéreos de combate não tripulados para a Rússia, disse o think tank do Instituto para o Estudo da Guerra (ISW), sediado nos EUA, com referência a dados de inteligência de fontes abertas.

Ficou também conhecido que Teerã enviou pilotos e pessoal de manutenção para serem treinados para trabalhar com aviões de caça russos Su-35. Tais ações podem ser parte do acordo assinado pelas partes no final de julho: O Irã recebe aviões de caça em troca de drones.

Além disso, Teerã planeja utilizar o acordo para aumentar o número de vôos de passageiros entre os países para adquirir aeronaves de combate russas, acredita o ISW.

Em 26 de julho, o porta-voz da Administração de Aviação Civil do Irã, Mirakbar Razavi, disse que o país assinou um acordo para exportar peças e equipamentos aeronáuticos para a Rússia. Também foi assinado um memorando de entendimento, segundo o qual o número de vôos entre os países seria aumentado para 35 por semana.

O conselheiro de segurança nacional dos EUA Jake Sullivan confirmou anteriormente a intenção de Teerã de fornecer várias centenas de drones para Moscou. De acordo com o oficial, alguns dos modelos do lote são capazes de transportar armas.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin