Eleições locais na Itália

Hoje iniciaram-se as eleições locais e vão continuar na segunda-feira, excepto na Sicília, onde a votação se limitou ao dia de hoje.

Segundo a informação do Ministério do Interior o primeiro dia das eleições registava taxas de participação de 35 por cento na votação para os municípios, 27,9 por cento para as províncias e 37,4 por cento na Sicília.

Estão recenseados mais ou menos vinte milhões de eleitores e os resultados geram alguma expectativa, uma vez que poderão proporcionar ao líder da direita, Silvio Berlusconi, a sua primeira desforra depois de, há menos de dois meses, ter sido derrotado pela esquerda, nas eleições legislativas, por 24 mil votos.

Segundo Diário Digital, para evitar o que aconteceu nas eleições legislativas de Abril, quando as sondagens à boca das urnas apontavam para a vitória da esquerda por uma ampla margem que, na realidade, foi apenas de alguns votos, a televisão pública italiana (RAI) renunciou a essas sondagens e só divulgará projecções segunda-feira pelas 15:30 locais (16:30 em Lisboa), ou seja, duas horas depois do encerramento das urnas.

A segunda volta das eleições municipais realiza-se dentro de duas semanas.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal