Russo em Tóquio estabeleceu um recorde paraolímpico no salto em distância

As competições de atletas paraolímpicos (com paralisia cerebral e outras lesões do sistema musculoesquelético) terminaram não só com a vitória do russo, mas também com a renovação do recorde mundial.

Evgeny Torsunov mostrou o resultado de 5,76 metros - este é um novo recorde mundial. A segunda colocação ficou com o atleta neozelandês William Steadman. Bronze foi para o paraolímpico ucraniano Roman Pavlyuk.

Esta medalha tornou-se o 19º ouro na colecção do "Comité Paraolímpico da Rússia" - este é o nome com que a selecção do nosso país compete em Tóquio. Ele mantém o terceiro lugar geral da equipe, uma medalha à frente de seu perseguidor mais próximo, os Estados Unidos, e significativamente atrás da China e da Grã-Bretanha, que têm 54 e 36 troféus de ouro, respectivamente.

Pravda.Ru

Contacto: jornalpravda@gmail.com