Author`s name Pravda.ru

Angola, Moçambique saem da lista vermelha do Reino Unido

Quarta-feira dia 16 às 04.00 saem onze países da lista vermelha do Reino Unido devido à transmissão já nas comunidades neste país europeu

Os países serão removidos a partir das 4h da quarta-feira, então os passageiros desses países não terão mais que se isolar em um hotel de quarentena aprovado pelo governo.

O governo britânico anunciou na terça-feira que iria retirar todos os 11 países africanos actualmente incluídos, incluindo Moçambique, da “lista vermelha” de viagens internacionais a partir de quarta-feira.

Angola, Botswana, Eswatini, Lesotho, Malawi, Moçambique, Namíbia, Nigéria, África do Sul, Zâmbia e Zimbabwe estão na lista.

 

Em nota no parlamento, o secretário de saúde Sajid Javid explicou que a medida, introduzida no final de novembro para evitar a entrada de casos da variante Omicron da Covid-19, identificada pela primeira vez na África do Sul, não é mais eficaz porque já é generalizada na o Reino Unido.

 

“Agora que há transmissão comunitária de Omicron no Reino Unido e a Omicron se espalhou amplamente pelo mundo, a lista vermelha de viagens agora é menos eficaz em retardar a incursão de Omicron do exterior”, disse o secretário de Saúde Sajid Javid ao parlamento.

 

Apenas britânicos e residentes do Reino Unido podem viajar de países na lista vermelha, mas eles precisam passar uma quarentena de 10 dias em um hotel designado por conta própria.

 

A partir das 4h de quarta-feira, aplicam-se as regras normais, incluindo testes de pré-embarque e outro nas primeiras 48 horas da chegada, e deve-se isolar até que seja dado um resultado negativo.

 

Tradução Bento Moreira

Fonte Club of Mozambique

Tópicos