Pravda.ru

Notícias » unknown


Estados Unidos da América planeia assassínio de Saddam Hussein

21.01.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

É curioso. Como Washington poderia contemplar um ato de terrorismo no rescaldo do 11 de Setembro...depois de ter perpetrado atos de terrorismo internacional durante décadas, como por exemplo o assassínio de salvador Allende, o apoio a grupos terroristas na América Latina, na África, as frustadas tentativas de assassinar o Presidente Fidel Castro de Cuba, depois de apoiar, financiar, armar e treinar grupos terroristas no Médio Oriente...ou será tão curioso assim?

Há neste momento, de acordo com fontes oficiais americanos, 160 operacionais dos EUA no território do Iraque, a fornecer informações aos seus colegas que vigiam o espaço aéreo e outros em estações de controlo em terra, sobre os movimentos dos líderes do Iraque e especialmente, sobre os movimentos do Presidente do país, Saddam Hussein, eleito democraticamente num escrutínio no final de 2002.

Além disso, estes operacionais, de acordo com as mesmas fontes, tencionam assassinar Saddam Hussein. Sendo este o caso, como pode alguém considerar a administração de Washington com seriedade? Como se pode considerar este governo, senão como um grupo mafioso, nefasto, de má índole, interessado nos recursos naturais que não lhe pertence, se está activamente a prosseguir as políticas da guerra fria que tanto denegriu a imagem deste país?

Saddam Hussein foi democraticamente eleito e a sua presidência foi sujeito a um plebiscito no final do ano passado. Foi reconduzido com 100% do escrutínio. Goza duma popularidade geral no seio do seu povo, massacrado pelos EUA e os seus lacaios. Depois da guerra do Golfo, imagens mostradas pela RAI Due, canal de televisão da Itália, focaram aviões militares dos EUA a lançarem armamento incendiário sobre campos de cultivo no Iraque, da maneira a privar a população civil de alimentos.

A ideia era criar pressões sobre Bagdade, pensando que o povo estava prestes a revoltar contra o tirano. A verdade é outra e Washington tem um jeito especial na não compreensão de outras culturas. O povo iraquiano não estava, nem está, prestes a revoltar contra o seu presidente. Querem é viver em paz, no seu país, sem interferências do exterior.

Que Washington está pensando em assassinar a sua excelência o presidente Saddam Hussein não surpreende ninguém, pois os governos deste país, desde que decidiu sair do isolacionismo, nunca souberam fazer outra coisa. Que esteja a fazé-lo ao mesmo tempo que defendo uma coligação mundial contra atos terroristas...também não surpreende. Resta saber os pormenores atrás do ataque terrorista aos “Twin Towers”.

Onde existe petróleo, Washington não consegue resistir. Parece uma abelha à volta dum pote de mel. Ou seja, uma mosca à volta duma bosta.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru

 
2807
Loading. Please wait...

Fotos popular