Pravda.ru

Notícias » Turismo


Cinqüentenário da Associação Brasileira de Agências de Viagens

18.10.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O SR. MARCUS VICENTE (PTB-ES) pronuncia o seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, estamos comemorando, neste ano, o cinqüentenário da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV), uma vez que a fundação dessa entidade, uma das maiores da indústria do turismo na América Latina, data de 28 de dezembro de 1953.

O Brasil é um país que se pode orgulhar de ser atraente por sua natureza! Em sua continental dimensão, temos um mosaico de regiões que se caracterizam pela vasta diversidade cultural, de ecossistemas e de paisagens. Não é à toa que a indústria do turismo nacional é uma força presente e vem crescendo de maneira extremamente veloz, garantindo um avanço econômico-social das diversas regiões e possibilitando a expansão do mercado de trabalho.

Comparado a outros itens importantes da pauta de exportações brasileira, o crescimento da receita gerada com o turismo é impressionante. A explicação para o desempenho do setor passa, inevitavelmente, Sr. Presidente, pela atuação da ABAV.

Trilhando um caminho consistente para o fortalecimento da indústria do turismo nacional, a Associação abraçou a atividade como estratégia de desenvolvimento. Hoje, reunindo três mil empresas distribuídas em todos os Estados e Distrito Federal, representa 80% de todo o movimento do setor. A ABAV representa, também, sete mil empresas responsáveis por cerca de 135 mil empregos diretos e indiretos, alcançando 80% da comercialização de passagens aéreas do País e 90% das reservas de hotelaria para visitantes estrangeiros.

A ABAV tem priorizado, Sr. Presidente, a profissionalização da cadeia produtiva, objetivando que a excelência na prestação de serviços possibilite maior competitividade e investimentos por parte dos empresários do setor turístico nacional. E, rapidamente, se constata o fruto, também, desse trabalho: o Brasil passou, recentemente, do 43º para o 29º lugar no concorrido ranking da OMT – Organização Mundial de Turismo – de destinos turísticos mais procurados de todo o mundo. Essa colocação decorreu da quantificação econômica do setor: uma movimentação anual de US$ 40,9 bilhões, a geração de US$ 34 bilhões na economia brasileira e cinco milhões e quatrocentos mil empregos. A indústria turística participa, assim, com 3,3% do PIB anual. Só nos últimos seis anos, foram investidos US$ 7 bilhões na construção de quatrocentos novos hotéis. As agências de viagens comercializaram US$ 3,2 bilhões com a venda de doze milhões de bilhetes aéreos. “O turismo vai de vento em popa”.

A Associação hoje é respeitada internacionalmente, tendo representantes nas principais entidades mundiais, como a Confederação das Organizações Turísticas da América Latina (COTAL), a Federação Universal de Associações de Agências de Viagens (FUAAV) e a Organização Mundial de Turismo (OMT). É atuante, também, nas reuniões entre a iniciativa privada do turismo e o Governo Brasileiro.

É fundamental, Sras. e Srs. Parlamentares, que o Congresso Nacional trabalhe rápido na regulamentação da atividade das agências de viagem. Com certeza, teremos um incremento na economia produtiva, com impacto em, pelo menos, 52 segmentos – companhias aéreas, construção civil, transportes, hotéis, restaurantes, pousadas, locadoras de carros, administradoras de cartões de crédito, agências, operadoras, informática, etc.

Antes de finalizar, destaco algumas das importantes vitórias da entidade: ela obteve sucesso ao posicionar-se contra a legislação que, ao comprometer a capacitação profissional, eliminaria exigências para a concessão de registros de agências de viagens; conquistou a opção pelo SIMPLES (Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte); conseguiu que as comissões de vendas de passagens aéreas não fossem reduzidas, a despeito dos anseios das transportadoras aéreas; criou seu próprio instituto de cursos, o ICABAV, aumentando a profissionalização do setor e garantindo o aperfeiçoamento dos serviços prestados ao turista.

O turismo tende a ocupar um espaço crescente na pauta da política de desenvolvimento sustentado do País, contribuindo para o equilíbrio da balança de pagamentos e para a geração de empregos e renda. Não há dúvidas que a Associação Brasileira de Agências de Viagens terá papel crucial nessa atividade que apresenta, atualmente, os mais elevados índices de crescimento econômico em nível mundial.

Por fim, lembro aos nobres Colegas que será realizado no Rio de Janeiro, entre os dias 22 e 26 de outubro próximo, o 31º Congresso Brasileiro de Agências de Viagens e Exposição de Turismo, o maior e mais importante evento profissional do setor na América Latina.

Parabéns, ABAV, pelo seu aniversário!

MARCUS VICENTE DEPUTADO FEDERAL PTB/ES

 
4900
Loading. Please wait...

Fotos popular