Pravda.ru

Notícias » Incidentes


Cerca de 1,2 mil militares subiram as comunidades da Rocinha e do Vidigal

18.09.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Cerca de 1,2 mil militares subiram as comunidades da Rocinha e do Vidigal

Escreve JB Online que, o segundo dia de ocupação das favelas da Rocinha e do Vidigal, na Zona Sul, pelas Forças Armadas transcorre sem incidentes. Cerca de 1,2 mil militares subiram as comunidades por volta das 9h, para cumprir a terceira etapa da Operação Guanabara, que visa a combater crimes eleitorais.

Os militares que estarão ocupando a Rocinha e o Vidigal até esta sexta-feira passarão a monitorar as favelas do Jacarezinho, Antares, Carobinha e Barbante a partir de domingo. No sábado não haverá ocupação.

A chegada do Exército, nesta quarta-feira, na favela da Rocinha, foi anunciada com por morteiros disparados por traficantes.

O candidato a vereador Índio da Costa (DEM) discutiu com o candidato Claudinho da Academia (PSDC), que tem sua base eleitoral na Rocinha. O democrata denunciou que um outro candidato foi ameaçado. Claudinho rebateu, dizendo nunca ter sido registrado incidente igual na favela.

A candidata do DEM à prefeitura do Rio, Solange Amaral, esteve também na Rocinha. A política reuniu-se com moradores da comunidade.

Desde o início da Operação Guanabara, nesta semana, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) apreendeu desde o começo da operação 7 toneladas de propaganda eleitoral irregular.

 
1416
Loading. Please wait...

Fotos popular