Pravda.ru

Notícias » Curiosidades


Demônio acusado de violação sexual em Michigan

11.10.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Demônio acusado de violação sexual em Michigan

O Supremo Tribunal de Michigan aceitou rever um caso polêmico de violação sexual, envolvendo um sacerdote local e o demônio, informa  a imprensa local.

Gennaro Piscopo, de 55 anos é sacerdote de uma igreja em Roseville. Em 2003 ele foi condenado por abusar sexualmente de uma membro de sua igreja, durante uma cerimônia de libertação em que Piscopo expeliu o demônio do corpo da mulher.

A suprema corte de Michigan aceitou reabrir o caso porque uma "frase-chave" do testemunho não havia sido considerada. Segundo os registros do tribunal, a mulher indicou que “tinha sido violentada por um demônio”, sendo sexualmente violada pelo próprio Satã, que ela afirmou estar no sótão, no momento do exorcismo.

“De qualquer modo, temos uma razão para duvidar”, disse o representante da defesa, George Michaels.

A mulher também contou que foi violentada sexualmente, durante um incidente separado, pelo seu próprio pai, que coincidentemente é sacerdote. A alegação feita pela mulher não foi considerada como parte do processo contra Piscopo, mas Michaels disse que deveria.
Michaels também argumentou, durante a apelação da quarta-feira que o exorcismo feito por Piscopo foi executado diante de mais de 100 pessoas.

 Segundo ele, nenhuma das pessoas afirmou perceber qualquer contato físico inapropriado durante o exorcismo.

No primeiro julgamento, Piscopo foi condenado por violação sexual do quarto grau, que se refere “ao toque não desejado sem força”. Neste momento, a Suprema Corte de Michigan está decidindo se Piscopo merece um novo julgamento.

 
1724
Loading. Please wait...

Fotos popular