Pravda.ru

Notícias » Sociedade


Trabalhadores do Brasil em livro

19.04.2011 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

História dos trabalhadores disponível no Arquivo de Imprensa Sindical

Boa parte da história dos trabalhadores do país está registrada nos mais de 30 mil exemplares de materiais de comunicação de sindicatos que compõem o Arquivo de Imprensa Sindical do NPC, agora disponível para consulta na livraria Antonio Gramsci. São jornais, revistas, cartilhas e cartazes de cerca de mil sindicatos de todo o país que registram as atividades, lutas e opiniões dos trabalhadores em vários períodos. O material ainda está sendo sistematizado, mas já pode ser consultado das 10h às 19h, de segunda a sexta-feira.

De acordo com o coordenador do NPC, Vito Giannotti, a importância de um arquivo como este não é apenas armazenar o que foi produzido. È, também, divulgar essa memória, mostrar para o trabalhador o que ele produz, e, principalmente, permitir que haja uma elaboração em cima do que já existe. "Consultando o arquivo, comunicadores de sindicatos e de movimentos sociais podem perceber o que dá certo, repensar o que não funciona e, assim, melhorar a sua comunicação", explica.

Além de militantes sindicais e de movimentos populares, a expectativa do NPC é que estudantes e profissionais de comunicação tenham acesso ao Arquivo. "Os estudantes poderão conhecer a dimensão do mundo sindical e da comunicação desse setor e os comunicadores já formados certamente poderão tirar lições, aprendendo com o que já foi publicado", explica Giannotti.

O desejo do NPC é firmar uma parceria com alguma instituição interessada para concluir a catalogação do arquivo e digitalizar todo o material.

Como surgiu o Arquivo

A ideia de reunir material impresso de sindicatos surgiu junto com o nascimento do NPC, por volta de 1993. Viajando pelo Brasil para dar cursos e palestras, Claudia Santiago e Vito Giannotti perceberam que a maioria dos sindicatos não dava importância para armazenar esses materiais, e, portanto, não conservava sua memória.

"Naquela época, o NPC passou a estimular que esses trabalhadores começassem a valorizar a sua memória, guardando e divulgando o material impresso produzido nos sindicatos", lembra o coordenador do NPC. Vito e Claudia já possuíam materiais produzidos pela imprensa sindical que tinham recolhido durante a vida e começaram a receber material de sindicatos de todo o país.

.

"Apesar de nossa estrutura ser pequena, começamos a receber e catalogar tudo isso. Em 2002, com a ajuda de cerca de mais ou menos dez voluntários e com o apoio do Sindipetro-RJ, realizamos no Rio a 1ª Mostra de Imprensa Sindical Brasileira 1988-2002", conta. A Mostra ocupou dez salas de uma antiga sede do Sindipetro e foi visitada por cerca de 2 mil pessoas. Depois desse evento, o NPC passou a receber ainda mais jornais, revistas e outros materiais de sindicatos e continuou a organizar o arquivo.

.
A Livraria Antonio Gramsci está localizada na Rua Alcindo Guanabara, 17, térreo, Centro do Rio (rua do bar Amarelinho). O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h30. Para entrar em contato, basta mandar um email para livraria@piratininga.org.br aos cuidados de Sheila Jacob.

 
3788
Loading. Please wait...

Fotos popular