Pravda.ru

Notícias » Ciência


Segurança Pública investe em prevenção e tecnologia

16.09.2009 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Ações de prevenção e repressão à criminalidade, recomposição e qualificação do efetivo policial e modernização de laboratórios, equipamentos de proteção individual e telecomunicação. Estas são algumas das iniciativas que a Secretaria de Segurança Pública (SSP) realizou nestes 30 meses de gestão do Governo do Estado e apresentou para representantes da Secretaria do Planejamento (Seplan).


Durante reunião no auditório da Seplan, na segunda-feira (14), o secretário da SSP, César Nunes (foto), destacou que, além da incorporação de 3.269 novos soldados à PM e o andamento de um novo concurso para mais 3,2 mil, a secretaria investiu na prevenção e repressão de ações delituosas por meio do monitoramento de áreas sensíveis, a exemplo do Programa Ronda nos Bairros, que criou uma cerca eletrônica, com ronda 24 horas nos bairros de Tancredo Neves, Beiru e Subúrbio Ferroviário.


“Na região de Tancredo Neves são dez viaturas que circulam em perímetros de três quilômetros quadrados, o que permite reduzir o tempo de atendimento no caso de ocorrências e aproximar a população dos policiais”, afirmou Nunes.


Após ser considerado uma das zonas mais violenta da Bahia, o bairro de Tancredo Neves, teve uma queda acentuada em quase todos os registros policiais. De acordo com dados da SSP, após a implantação do Ronda nos Bairros, em 2008, houve uma redução de 73,7% nas ocorrências de roubo a ônibus em relação a 2007.


Também no comparativo com 2007, aumentou em 23,7%, o número de prisões em flagrante, reduziu os roubos seguidos de morte (latrocínio), em 50%, houve uma queda nos casos de furtos a veículos (15,8%) e diminuiu os registros de homicídio doloso (com a intenção de matar) em 24,7%.


Outra ação que garante maior proteção ao cidadão é a integração das comunicações dos órgãos de segurança por meio do sistema Tetra. “Era um absurdo que as polícias Civil e Militar não se comunicassem pelos rádios. Hoje, o Tetra, que funciona em Salvador e na região metropolitana, permite, inclusive, saber a localização exata e em tempo real de cada viatura”, ressaltou o secretário, lembrando ainda que a rede de serviços à população também foi ampliada, com a implantação da Delegacia Digital, em 2008, tendo contabilizado mais de 15 mil ocorrências.


Trabalho com inteligência
Por meio do site www.delegaciadigital.ssp.ba.gov.br, o cidadão registra a queixa e recebe o Boletim de Ocorrência (B.O.) via e-mail. Podem ser registradas ocorrências relativas a furto de veículos, furto de objetos e documentos, extravio de documentos e objetos, desaparecimento e encontro de pessoas. Além disso, o cidadão pode acompanhar o andamento do registro pelos e-mails enviados pela Polícia Civil ou pela internet.
Para o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro, o Governo do Estado consegue, gradativamente, inibir a prática delituosa no estado, aumentar a qualidade dos trabalhos operacionais e garantir a eficiência e credibilidade dos resultados. “São ações que indicam o caminho para a segurança e a integridade dos cidadãos, tendo como foco as ações de inteligência, prevenção, repressão e respeito aos direitos humanos”, enfatizou Pinheiro, exemplificando que a SSP prendeu e transferiu 14 chefes de quadrilha, sempre trabalhando com inteligência para dar mais efetividade a ação policial.


Modernização
Entre os investimentos do Governo do Estado em segurança pública, destaca-se o processo de implantação do Sistema de Identificação Civil baseado em tecnologia AFIS (Automated Fingerprint Identification System), que permite a pesquisa das impressões digitais nos procedimentos de identificação civil e necro-papiloscópica, em consulta de banco de dados nacional, ligado ao Departamento da Polícia Federal. O sistema entrará em funcionamento ainda este ano e beneficiará 100% das unidades policiais do estado.


Já o novo Sistema de Informação e Gestão Integrada Policial (Sigip) está em funcionamento e integra os principais processos das atividades desenvolvidas pelas polícias Civil, Militar e Técnica do Estado da Bahia.


Iniciativa inédita do Pronasci
Desenvolvido pelo Ministério da Justiça, o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) marca uma iniciativa inédita no enfrentamento à criminalidade no país. O projeto articula políticas de segurança com ações sociais, prioriza a prevenção e busca atingir as causas que levam à violência, sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública.


Na Bahia já foram liberados R$ 120 milhões para o auxílio à saúde do policial e capacitação, assistência jurídica a presos, proteção de jovens e ampliação de instâncias de defesa das mulheres.


Entre os principais eixos do Pronasci, destacam-se a valorização dos profissionais de segurança pública, a reestruturação do sistema penitenciário, o combate à corrupção policial e o envolvimento da comunidade na prevenção da violência.

Texto: Agecom

http://www.noticiasdabahia.com.br/editorias.php?idprog=0e1feae55e360ff05fef58199b3fa521&cod=4474

 
5276
Loading. Please wait...

Fotos popular