Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Europa agarra a Rússia pela garganta

27.04.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Presidente Putin declarou recentemente que tinha abordado todas as áreas nas suas conversas com Romano Prodi

Concordo. A recente reunião entre os dois foi uma preparação para a Cimeira que terá lugar em Maio. Conseguiu melhores resultados que aqueles obtidos nas conversas com os burocratas em Bruxelas.

O quê é que conseguimos?

O problema chave é que a União tem acordos económicos com os países de Leste, em que faz garantias durante a fase transicional. No entanto, isso tem repercussões sobre a Rússia, representanto entre 300 e 500 milhões de USD em percas anuais.

Isso quer dizer que estão a exercer pressões sobre nós?

Sim, e a União Europeia está a aproveitar disso. Por examplo, vejamos a questão dos recursos de energia. Se os preços mundiais de matérias primas subirem, a economia russa terá graves problemas. O objectivo da União Europeia é agarrar a Rússia pela garganta.

O quê é que foi discutido entre Putin e Prodi?

Prodi estava a tentar demonstrar à Rússia que não é assim tão mau. Discutiram-se muitos problemas, até ofereceram uma saída para o problema dos vistos, permitindo que necogiemos directamente com os estados membros.

Qual é a armadilha?

A armadilha é que os cidadãos russos só podem viajar para a Turquia e o Egito sem problemas. No entanto, nenhum destes países pertence à UE. De qualquer modo, só dez a vinte mil pessoas precisam do visto numa base regular e por isso estão a fazer um jogo cínico.

Como é que Vladimir Purtin permite que se joga tais jogos?

O nosso Presidente também é bem capaz de jogar tais jogos. O feito principal foi obter uma afirmação de protocolo da Comissão Europeia, dizendo que estava pronta para abordar estes assuntos. Na próxima cimeira, estes documentos serão apresentados, atacando a posição da União.

Quais os assuntos na agenda da Cimeira?

Recursos de energia, comunicações e agricultura.

Pode afirmar-se com certeza que conseguiremos uma cooperação em pé de igualdade?

Não, principalmente porque não temos meios para pressionar a União Europeia.

Ekaterina Boitsova PRAVDA.Ru

 
2339
Loading. Please wait...

Fotos popular