Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Colômbia despertou!...senhores da guerra

10.04.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Colômbia despertou!...senhores da guerra. 30777.jpeg

Colômbia despertou!...senhores da guerra

 Autor: Rubín Morro

 Colômbia, senhores do poder, já não é a nação ajoelhada de outros anos, atemorizada e subjugada ao desespero e à resignação. Colômbia mudou. Perdemos os medos. Colômbia hoje está nas ruas, praças e rodovias, parte do congresso da República e outros espaços, construindo vida, convivência, reconciliação, verdade, justiça, reparação e garantias de NÃO repetição da guerra. Já os governantes de turno e seus mentores, senhores da morte, não lhes resta fácil outra vez nos levarem à hecatombe por outros 70 anos.

Já dissemos que o processo de paz construído entre o estado colombiano e as FARC-EP é o acontecimento político mais importante nos últimos 70 anos para a sociedade em seu conjunto. Nunca havíamos estado tão perto da possibilidade de construir a paz com justiça social. O próprio estabelecimento semeou os ventos de ódio e vinganças que perduraram no tempo por mais sete décadas, de horror, perseguição e assassinatos políticos, de deslocamento e desaparecimentos aos milhares, paramilitarismo e massacres ao longo e ancho do país, a vitimização de mais de sete milhões de colombianos e colombianas, o despojo da terra, o conflito social e armado por conta de uma oligarquia voraz, intolerante, antipopular e corrupta.

Colômbia, senhores do poder, já não é a nação ajoelhada de outros anos, atemorizada e subjugada ao desespero e à resignação. Colômbia mudou. Perdemos os medos. Colômbia hoje está nas ruas, praças e rodovias, parte do congresso da República e outros espaços, construindo vida, convivência, reconciliação, verdade, justiça, reparação e garantias de NÃO repetição da guerra. Já aos governantes de turno e seus mentores, senhores da morte, não lhes resta fácil outra vez nos levarem à hecatombe por outros 70 anos.

A luta pela conquista da paz nos deu força de pátria sem importar as diferenças partidaristas. "A paz está acima de todos os direitos". Não existe outra conquista da humanidade superior à paz. Em consequência e por isso avança e se levanta como os Andes o Pacto Nacional pela Paz, em todos os rincões da sociedade, da colômbia profunda com o apoio da comunidade internacional.

A Conselharia Nacional de comunicações da Força Alternativa Revolucionária do Comum-FARC saúda e felicita a nosso partido pela formidável participação no XXIII SEMINÁRIO INTERNACIONAL DOS PARTIDOS E UMA NOVA SOCIEDADE, realizado nos dias 4, 5 e 6 de abril, na Cidade do México. Nos somamos à resolução aprovada e exigimos do governo e do estado o cumprimento integral dos acordos de paz. "Demandamos essencialmente os descumprimentos nos temas relacionados com a Reforma Rural Integral, a reforma política e eleitoral, a substituição voluntária de cultivos de uso ilícito, o desprezo pelo acompanhamento e a verificação internacional, se somam os reiterados ataques contra a Jurisdição Especial para a Paz e o assassinato de 104 ex-guerrilheiros e ex-guerrilheiras, mais de 200 líderes [homens e mulheres] sociais e defensores e defensoras de direitos humanos nos últimos dois anos"

"Exigimos a liberdade imediata para Jesús Santrich, vítima de grosseira montagem da DEA e da promotoria colombiana e dos mais de 370 ex-guerrilheiros que, a dois anos de ter sido expedida a lei de anistia, seguem injustamente encarcerados. Igualmente reclamamos a liberdade e o regresso a Colômbia de Simón Trinidad, preso nos Estados Unidos"

       

Colômbia inteira está em pé de luta aberta e legal. O Congresso da República deve votar contra as objeções à JEP feitas pelo presidente e ordenadas pelo CD. Obriguemos Duque a firmá-las como mandato soberano do povo. Esperamos o reinício das conversações do governo com o Exército de Libertação Nacional. Colômbia necessita da paz completa.

Saiamos às ruas e praças no próximo 25 de abril. Ninguém nos pode arrebatar o direito de sonhar com uma Colômbia em paz. NÃO pode ser mais a força irracional da guerra que o anseio de milhões de patriotas pela paz. "A paz não se mendiga, se conquista. Avante! 

 

Tradução > Joaquim Lisboa Neto    

 

 
5531

Fotos popular