Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Porto: Rússia sobre OSCE

06.12.2002 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Igor Ivanov, considera inadmissíveis as tentativas de usar a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) como instrumento de pressão sobre os países membros. O ministro russo fez esta declaração na 10ª reunião do Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros dos países da OSCE, a decorrer nestes dias no Porto, em Portugal.

O ministro russo recordou a este respeito que a OSCE é uma instituição de cooperação e assistência e não um instrumento de pressão e punição.

"Ainda mais perigosa é a prática de isolamento político de um país" - disse o ministro russo, tendo considerado errada a decisão tomada, em tempos, pela OSCE de excomungar a Jugoslávia. "A consequência foi a redução das possibilidades de influenciar a situação nos Balcãs" - frisou Ivanov. "Esperamos que esta triste experiência não passe despercebida para a nossa organização" - disse o ministro russo.

Igor Ivanov manifestou-se convencido de que a "OSCE pode e deve tornar-se um dos pilares da nova estrutura da segurança europeia e servir de instrumento de amplo diálogo, processo decisório sobre as questões cruciais da realidade europeia e de aprofundamento da parceria entre os países".

Para Igor Ivanov, a Rússia aplaude a Carta de combate ao terrorismo aprovada pela OSCE. "Nós agradecemos a Portugal que tem actualmente presidência na OSCE esta iniciativa que foi útil e oportuna" - disse o ministro russo.

Ainda de acordo com o ministro russo, está ha muito na ordem do dia a necessidade de reformas das instituições e das missões de campo da OSCE com vista ao reajustamento dos seus trabalhos de acordo com a situação em mudança. Sem isso, todas as decisões políticas, por mais correctas que sejam, não passarão das boas intenções" - disse o ministro russo.

© RIAN

 
1903
Loading. Please wait...

Fotos popular