Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


27 vítimas em atentado terrorista

05.06.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Às 07.30 MSK, uma bombista suicida explodiu a bomba que levava no corpo, matando 15 pessoas e ferindo outros 12 que viajavam num autocarro na auto-estrada entre Mozdok e Prokhladnoye na Ossétia Norte. Será este atentado parte duma cadeia de ataques que começaram em Znamenskoye e Iliskhan Yurt na Tchetchénia?

Fontes da Pravda.Ru na Ossétia Norte afirmam que a bombista suicida, uma mulher, vestida de branco, aproximou o autocarro, que transportava funcionários militares e civis do aeroporto de Mozdok às 07.30 MSK na manhã de quinta-feira, causando a morte imediata de 5 pessoas e mais dez que morreram no caminho ao hospital ou pouco depois de chegar, tal foi a violência da explosão. A terrorista aproximou o autocarro do lado direito, pelo que todos os vítimas mortais estavam sentados naquele lado.

Dos quinze vítimas, catorze são mulheres, o único homem sendo piloto militar.

Uma equipa de investigadores está a chegar ao local onde mais uma vez um acto criminoso e terrorista foi perpetrado por fanáticos com o objectivo de destruir o processo de paz na Tchetchénia. Presidente Vladimir Putin já declarou que o uso de armas nunca irá alterar os planos de Moscovo, nomeadamente instalar um processo duradouro de paz na região e fazer voltar à normalidade as vidas dos cidadãos, que nada têm a ver com este bando de terroristas.

Um porta-voz para a administração presidencial na Ossétia Norte declarou à RIA Novosti que há suspeitas de que os recentes ataques na Tchetchénia e este de hoje são ligadas na mesma rede e afirmou que “é um grupo organizado de terroristas internacionais”.

Entretanto, 400 kg. de explosivo plástico foram encontrados em Chyomaya, no Distrito de Balashikha an Região de Moscovo, durante uma investigação por efectivos do Ministério do Interior, ligado à explosão num restaurante da cadeia de MacDonald’s em Moscovo em Outubro passado.

Enquanto não forem exterminados esse tipo de bandido, será difícil haver paz quer na região do Caucaso, quer na Federação Russa.

Konstantin KODENETS PRAVDA.Ru

 
2150
Loading. Please wait...

Fotos popular