Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Homenagem nacional a Agostinho Neto em planalto central angolano

01.10.2018 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Homenagem nacional a Agostinho Neto em planalto central angolano. 29622.jpeg

Homenagem nacional a Agostinho Neto em planalto central angolano

Luanda, 17 set (Prensa Latina) O pai fundador e primeiro presidente de Angola, Antonio Agostinho Neto (1922-1979), recebe nesta segunda-feira (17) a homenagem nacional na cidade de Cuito, na região do planalto central. A cerimônia será dirigida pelo vice-presidente, Bornito de Sousa, representando o chefe de Estado, João Lourenço, e servirá para recordar o Herói Nacional por ocasião do aniversário 96 de seu nascimento, em 17 de setembro de 1922.

Cuito, capital da província de Bié, encontra-se a cerca de 600 quilômetros ao sudeste de Luanda.

Igualmente, a Fundação Antonio Agostinho Neto entregará nesta segunda-feira o Prêmio internacional de pesquisa histórica Agostinho Neto, dotado de um valor de 50 mil dólares e a publicação da obra.

Trata-se da segunda edição da competição, de caráter bienal, para incentivar os estudos históricos sobre Angola, Brasil e suas diásporas.

É coorganizado pela Fundação e pelo Instituto Afro-brasileiro de Ensino Superior, e com a participação do júri de funcionários da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

As homenagens sucederam-se por todo o país com conferências, exposições, concertos e outras atividades culturais e esportivas, que se prolongarão até o fim do mês.

Como parte dessas ações, neste fim de semana se realizou o Festineto, uma exposição de artesanatos, venda de livros e concertos que também contou com a participação das legações diplomáticas em Luanda, que apresentaram parte de seus pratos e bebidas típicas.

Unido a isso está aberta ao público uma exposição fotográfica, com algumas inéditas, em dois pontos de Luanda e na cidade de Caxito, a sede principal da vizinha província de Bengo.

Cerca de 60 fotos retratam o meio familiar do político, poeta, médico e humanista que morreu em 10 de setembro de 1979 quando era submetido em Moscou (antiga União Soviética) a uma intervenção cirúrgica como parte do tratamento por uma doença.

Há alguns dias, o presidente Lourenço, ao assumir a liderança do dirigente Movimento Popular para a Libertação de Angola, afirmou que as homenagens a Neto deviam ser todos os dias, ao mesmo tempo em que chamou a preparar as celebrações por seu centenário, em 2022, à altura de seu reconhecimento na África e no mundo.

http://www.patrialatina.com.br/homenagem-nacional-a-agostinho-neto-em-planalto-central-angolano/

 

 
3220
Loading. Please wait...

Fotos popular