Pravda.ru

Notícias » Federação Russa


Declaração oficial da Federação Russa sobre o alargamento da OTAN

01.01.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Duma Estatal da Federação Russa formula a posição oficial sobre a reunião de 21 de Novembro de 2002 da OTAN, onde foram convidados a aderirem-se sete novos estados-membros (Bulgária, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Letónia, Lituânia e Roménia).

A ampliação da OTAN mudará substancialmente a situação da segurança na Europa. Reconhecendo o direito soberano de todos os estados independentes a ingressarem nas alianças político-militares, a Duma Estatal considera que um alargamento quantitativa da OTAN não solucionará muitos problemas que enfrentam os Estados de Europa, principalmente no que diz respeito às ameaças do terrorismo internacional, nem contribuirá ao aumento da segurança neste bloco de países em si.

Ao mesmo tempo, a Duma Estatal toma em consideração a declaração dos Chefes de Estado dos membros da OTAN da sua intenção de transformar o bloco com fins de lutar mais eficazmente contra as ameaças principais, nomeadamente contra o terrorismo internacional. Neste sentido, o desenvolvimento sucessivo das relações da Rússia com a OTAN deve apoiar-se na consideração dos passos concretos da Aliança do Atlântico Norte para adaptar as suas estruturas políticas e militares aos atributos estratégicos na Europa e no resto do mundo.

A Duma Estatal toma em consideração a declaração dos chefes de estado dos membros da OTAN sobre o seu apoio ao Tratado das Forças Armadas Convencionais na Europa (TFACE). Entretanto, expressa a sua preocupação sobre o facto que a Eslovénia, Estónia, Letónia e Lituânia não são participantes na TFACE, o que significa que surgirá uma zona cinzenta na Europa nova na qual não haverá limitações sobre as forças armadas utilizadas pela OTAN.

Tendo em conta o fato que parte destes estados já exprimiram o seu desejo de se aderirem ao TFACE, a Duma afirma a sua preocupação pelas posturas não construtivas de alguns estados membros da OTAN, principalmente as dos EUA e da Turquia, que dilatam artificialmente a ratificação e a entrada em vigor deste instrumento importante.

Os deputados da Duma Estatal consideram que a cooperação da Federação Russa com a OTAN poderia ser mais eficiente baseando-se na coincidência dos interesses de segurança com os estados membros da OTAN na formação de coligações políticas flexíveis para solucionar problemas concretos.

Reconhecendo a importância da colaboração sucessiva na formação do Conselho Rússia-OTAN, os deputados da Duma Estatal destacam os primeiros resultados práticos de tal colaboração, incluindo a redacção dos projetos de documentos relativos à pacificação, o resgate das tripulações dos submarinos avariados e outros.

A Duma Estatal é da opinião de que o alargamento da OTAN supõe a responsabilidade da direção da Aliança para fomentar relações construtivas entre a Federação Russa e os estados do Báltico que aderiram à OTAN, como também esta organização pode contribuir para que cesse a infração aos direitos humanos das pessoas que vivem em Letónia e cuja língua materna é o Russo.

A Duma Estatal pede aos estados membros da OTAN para que transformem a Aliança, como anunciado na Cimeira de Praga, de modo que a OTAN assegure a estabilidade e a segurança no Mundo.

PRAVDA.Ru

 
3298
Loading. Please wait...

Fotos popular