Pravda.ru

Notícias » Mundo


A volta ao Brasil em 90 dias

27.06.2016 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
A volta ao Brasil em 90 dias. 24612.jpeg

A volta ao Brasil em 90 dias

 

  • 12 mil pessoas ajudarão a tocha olímpica a percorrer 20 mil quilómetros
  • Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro iniciam-se a 5 de agosto

  

Lisboa, 27 de junho de 2016. Antes de acender a chama na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, no dia 5 de agosto, a tocha olímpica vai visitar mais de 300 cidades em todas as regiões do Brasil. O roteiro vai durar 90 dias e a alternância da tocha vai percorrer cerca de 20 mil quilómetros de norte ao sul do Brasil.

 

Durante esta rota no país, a tocha será carregada por cerca de 12 mil condutores, além de voar 10 mil milhas pelo território. O símbolo olímpico vai passar por 83 municípios escolhidos como 'cidade celebração': em cada um destes locais, haverá um grande evento que inclui um espetáculo musical nacional e outras atrações. Todas as 27 capitais dos estados e do Distrito Federal estão incluídas na lista.

A alternância será feita, além dos carregadores, por um comboio de veículos, que deve passar por cerca de 500 localidades: 300 cidades receberão a alternância da tocha e outras 200 assistirão à passagem do comboio com a chama exposta.

A região nordeste, que possui um litoral extenso de praias paradisíacas, com águas mornas e transparentes, além de toda a riqueza cultural das cidades do interior e do sertão, concentra os destinos mais visitados por turistas que visitam o Brasil atrás de sol, praia, resorts e muita diversão.  Serão 22 cidades dos 11 estados da região conhecida pelas elevadas temperatura e clima ensolarado a maior parte do ano.

  

Bahia

Durante oito dias a chama vai passear por destinos de águas mornas do litoral baiano nas costas do Descobrimento (Santa Cruz de Cabrália, Porto Seguro), do Cacau (Ilhéus, Itabuna, Itacaré) e do Dendê (Cairú, Camamu, Valença).  O tour da tocha vai passar também pela Chapada Diamantina e se embrenhará pelo interior do estado (Feira de Santana e Senhor do Bonfim) até alcançar as margens do rio São Francisco, em Sobradinho e Juazeiro, já na fronteira com Pernambuco.

Salvador, famosa no mundo inteiro pelo carnaval com trios elétricos e pelo género musical axé music, oferece uma programação recheada de atrações culturais, musicais, além de praias paradisíacas. O Farol da Barra é um dos pontos turísticos mais conhecidos de Salvador. Todos os dias, este local torna-se um ponto de encontro para quem gosta de apreciar o pôr do sol e dar um mergulho na praia. A cultura desta cidade reflete-se no seu centro histórico, declarado pela UNESCO como Património da Humanidade. O pelourinho mantém a arquitetura antiga dos séculos XVI  e XVII. As suas ruas estreitas, com fachadas de casas coloridas são palco de várias manifestações culturais, além de espetáculos com grupos africanos. A capoeira é também uma marca dos baianos. Uma mistura de dança com luta, a Capoeira tem a sua origem em África, trazida para o Brasil pelas mãos dos escravos, como forma de defesa. Ao som do ritmo bem marcado do berimbau, a dança é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, utilizando primariamente chutes e rasteiras, além de cabeçadas, joelhadas e cotoveladas.

 

A força da gastronomia temperada com muita pimenta, dendê e sabores da tradicional cozinha regional nordestina; do artesanato e das festas populares tornam imperdível o roteiro baiano.

Alagoas

Praias de areia branca banhadas pelas águas do Oceano Atlântico que dão cor à paisagem com a variação de tonalidades de azul e verde são bilhetes postais do estado de Alagoas que serão enaltecidos com a passagem da tocha olímpica pelo Estado. Maceió, a capital do Estado, é reconhecida pela beleza dos seus atrativos naturais, como as praias de Ponta Verde e Pajuçara. Um convite ao mergulho nas piscinas naturais aquecidas pelo sol alagoana e a prática de esportes náuticos. Na Ponta Verde estão as mais badaladas barracas de Praia, sempre com atrativos de espetáculos e música ao vivo para os turistas. No Pontal da Barra, outro bilhete-postal, vale a pena conhecer a rua das Rendeiras, repleta de lojas que vendem bordados, renda rústica feita de fios de algodão coloridos, na forma de xailes, toalhas de mesa e blusas.

 

 

  

Ceará

O início do percurso pelo Estado começa pela cidade de Aracati, município que abriga a famosa praia da Canoa Quebrada, e a saída por Camocim e Barroquinha, caminhos explorados na Rota das Emoções, roteiro que integra Ceará, Piauí e Maranhão pelo Oceano Atlântico. São cenários de coqueiros, manguezais, dunas de areias brancas, jangadas, redes de pescar e de dormir. Canoia Quebrada fica a cerca de 130 quilómetros da capital Fortaleza. Agências de Turismo oferecem passeios diárias da capital para lá. O trajeto pode ser feito de buggies ou de autocarro, a curta viagem vale a pena, pois o lugar encanta pelo isolamento e pela preservação.

Importante destino de sol e praia e de negócios do país, Fortaleza, capital do Ceará destaca-se pela sua orla com praias e barracas com estrutura para espetáculos musicais e de humor e uma vasta variedade gastronómica regional, com destaque para pratos feitos com frutos do mar.

  

Pernambuco

Em Pernambuco a tocha vai passar por dez cidades, começando seu trajeto por Petrolina, no interior do estado. O município de Petrolina está à beira do rio São Francisco e é decorado com paisagens naturais e cenários marcantes da caatinga. Um passeio de barcas pelo Velho Chico faz o trajeto até Juazeiro. Outra opção para visita é o Museu do Sertão, que resgata a cultura do Homem sertanejo. No Centro de Artes Ana das Carrancas, encontra-se o artesanato típico da região: a carranca, escultura com forma animal colocada na proa dos barcos para afastar os maus espíritos. Artesãos confecionam ao vivo na Oficina do Artesão Mestre Quincas.

Caruaru -  Quadrilhas com até 4 mil pessoas e um público de mais de 1,5 milhão de visitantes fazem do São João de Caruaru um dos destinos mais famosos de festa junina do Brasil. A cidade fica a cerca de 130 quilómetros da capital, Recife, e é uma boa opção para quem procura um destino cultural pelo estado de Pernambuco. A Feira de Caruaru com peças artesanais de barro, couro, palha e renda, também é um dos eventos superlativos da cidade. Os ateliês de cerâmica do Alto do Moura, inspirados na tradicional obra de Mestre Vitalino, cuja casa foi transformada em museu. Cidade rica em cultura e possui também o Espaço Elba Ramalho, com peças doadas pela cantora; o Museu do Cordel Olegário Fernandes; e o Museu Luiz Gonzaga, que conta a história do rei do Baião.

A capital Recife será a terceira cidade do tour em Pernambuco. A cidade nasceu no período colonial e ainda preserva com orgulho as heranças deixadas pelos portugueses e holandeses. A praia mais famosa da cidade é a de Boa Viagem, conhecida por suas várias piscinas naturais rasas, com águas mornas e transparentes.

Paraíba

Sete cidades fazem parte do percurso no Estado da Paraíba. A capital João Pessoa é um excelente destino para quem quer descansar e aproveitar praias de água morna. A orla é decorada com coqueiros e barracas que oferecem ao turista várias opções de comidas típicas e frutos do mar. Com areia branca e fina, o litoral de João Pessoa é cercado por falésias que chegam a 40 metros de altura, é o cenário perfeito para caminhadas e passeios de bicicleta. A cidade é também conhecida como 'Porta do Sol' devido ao facto de, no município, estar localizada a Ponta do Seixas, que é o ponto mais oriental das Américas, o que faz com que a cidade seja o lugar 'onde o sol nasce primeiro nas Américas'.

 

Fonte: Ministério do Turismo e Embratur 

 

 
9736
Loading. Please wait...

Fotos popular