Pravda.ru

Notícias » Mundo


O contínuo dos outros...

24.01.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O contínuo dos outros...
 
O contínuo dos outros.... 16318.jpegA União Europeia, perdão, os líderes diplomáticos da União Europeia vão fechar hoje a pasta que pondera impor ao Irão um embargo ao consumo (leia-se, importação) do seu crude.


Tudo porque o Ocidente, no alto da sua preventiva sobrevivência teme que a campanha iraniana pelo enriquecimento do urânio, lhe possa permitir usufruir de condições para criar uma arma nuclear.
Tudo porque a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) - cujo principal patrão, é os EUA - suspeita que o programa nuclear do Irão tem fins militares


Não se contesta este receio até porque os iranianos já dispõem, segundo eles e alguns dos seus aliados, de mísseis balísticos com capacidade para chegar a algumas das principais cidades europeias. E, unicamente, cidades europeias e, por exclusão de partes e porque são os seus inimigos religiosos - e só por isso e nada mais - os israelitas/judeus.


Ora, se só chegam à Europa (e mesmo nesta nem em todas) - e aqui incluo, naturalmente, algumas regiões russas, mesmo que asiáticas - e aos seus oficiosos inimigos árabes - o grande problema do Irão é não poder ser árabe - e não chegam aos EUA o seu "enorme" inimigo, a par de Israel, porque é que a União Europeia avança com as citadas sanções? Vontade de ser vítima e justificar a queda do Euro? Ou seja, parece que a União Europeia continua a ser a lança de ataque de terceiros e, neste caso, o contínuo dos EUA e dos outros.


Ou será que os "simpáticos" ministros da relações exteriores eurocratas estão a ser os executantes das vontades dos euro-nórdicos (Noruega e Reino Unido/Inglaterra) bem assim, dos os russos, os principais produtores de crude na Europa.O contínuo dos outros.... 16319.jpeg


Ou seja, a UE vai meter a cabeça na trampa e os outros é que ganham dinheiro.


E, depois, a União Africana ainda parece querer seguir as pisadas dos eurocratas quando deseja criar mais uma casa a partir do telhado: a livre circulação de capitais, bens e serviços a partir de 2017 sem ter criado condições para a integração plena dos países-membros...
 
 
Eugénio Costa Almeida, PhD
(Angola, Potência Regional em Emergência, editora Colibri)
(http://elcalmeida.net)
 

 
2799
Loading. Please wait...

Fotos popular