Pravda.ru

Notícias » Mundo


Executado ex vice-presidente de Saddam Hussein não tinha medo da morte

20.03.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Executado ex vice-presidente de Saddam Hussein não tinha medo da morte

Taha Yassine Ramadan, o ex vice-presidente de Saddam Hussein foi enforcado esta madrugada (20). O executado ocupava o cargo de número dois do regime na altura da invasão do Iraque foi o quarto homem a ser executado pelas mortes de 148 xiitas que se seguiram à tentativa de assassínio em 1982 contra o antigo líder iraquiano na cidade de Dujail.

 Saddam Hussein foi enforcado a 30 de Dezembro de 2006, enquanto o seu meio-irmão Barzan al-Tikriti, antigo patrão dos serviços secretos, e o ex-presidente do tribunal revolucionário Awad al-Bandar foram executados a 15 de Janeiro.

«Ramadan teve o direito de telefonar à família. O advogado (de Ramadan) disse-me que ele estava calmo e sereno. Pediu à família e aos amigos para rezarem por ele e afirmou que não tinha medo da morte», revelou a fonte.

Ramadan, cuja pena de morte foi confirmada a 15 de Março, fora condenado à morte por enforcamento a 12 de Fevereiro pelo Alto Tribunal iraquiano e inicialmente condenado a prisão perpétua em Novembro de 2006.

Curdo sunita, fundou em 1970 "o exército popular", a milícia do partido Baas Ramadam era também membro do Conselho do Comando da Revolução a mais alta instância dirigente do Iraque de Saddam.

 
1366
Loading. Please wait...

Fotos popular