Pravda.ru

Notícias » Mundo


Visita do Primeiro Ministro Japonês a Moscovo

10.01.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

PERGUNTA: O Senhor considera possível intensificar a cooperação russo-japonesa em diversos domínios antes que Moscovo e Tóquio possam resolver o problema da delimitação fronteiriça? Que vias existem, na sua opinião, para tal?

RESPOSTA: a Rússia e o Japão compartilham grande responsabilidade perante a comunidade internacional no século XXI. Os nossos países podem prestar grande contribuição e têm um grande potencial. O desenvolvimento das relações bilaterais em diversos domínios, inclusive as conversações sobre a conclusão do tratado de paz, têm um significado importante não só para os dois países, mas também para a Região da Ásia-Pacífico e para a garantia da paz em todo o mundo, e eu considero que este desenvolvimento das nossas relações é plenamente possível.

Sigo para a visita à Rússia com a firme certeza de que eu e o Presidente Vladimir Putin poderemos dar nova alma às relações russo-japonesas.

Ao mesmo tempo, a Rússia e o Japão não podem elevar as suas relações a um nível absolutamente novo, contornando o problema da conclusão do tratado de paz. Lamentamos que como novo membro do Grupo dos Oito, a Rússia, em que a comunidade internacional deposita crescentes esperanças, e o Japão, que igualmente é membro do Grupo dos Oito, não tenham uma linha da fronteira com a qual possam concordar ambas as partes.

Em relação a isso, consideramos importante, para além do desenvolvimento da cooperação num vasto círculo de sectores, que ambos os países resolvam ao mesmo tempo meticulosamente o problema da conclusão do tratado de paz. Consideramo-lo plenamente possível, e no decurso da minha visita à Rússia tencionamos divulgar o Plano de Acção conjunto russo-japonês, que tem por objectivo desenvolver as relações bilaterais em todos os domínios.

PERGUNTA: Como poderão mudar o carácter e a estrutura da cooperação russo-japonesa em diversos domínios, inclusive as esferas política e económica, depois da sua visita a Moscovo e depois da assinatura do Plano de acção conjunto russo-japonês pelo senhor e pelo Presidente da Rússia, Vladimir Putin?

RESPOSTA: Tendo em conta o facto de a Rússia dispor de recursos naturais e o Japão da força tecnológica, consideramos evidente que hoje em dia o potencial das relações entre os nossos países não foi realizado. É necessário superar este estado de coisas, e, baseando-nos no Plano de acção russo-japonês, tencionamos desenvolver as relações entre os dois países no mais vasto círculo de sectores. Este Plano de acção será um "mapa de navegação" que garanta a realização dos planos conjuntos positivos da cooperação russo-japonesa em diversos domínios, assegurando o desenvolvimento geral das relações entre os nossos países. Esperamos que estes planos sejam postos em prática e que as relações russo-japonesas se desenvolvam integralmente. A Rússia e o Japão estão a passar, pela primeira vez, para as acções voltadas para o futuro, norteando-se por uma mesma bússola e isso tem um significado importante na perspectiva da história das relações bilaterais.

© RIAN

 
3134
Loading. Please wait...

Fotos popular