Pravda.ru

Notícias » Mundo


PREMIÊ PALESTINO MAHMOUD ABBAS RENUNCIA

09.09.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O primeiro ministro da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas, apresentou no sábado dia 06, seu pedido de renuncia do cargo. No domingo, o premiê disse a repórteres que sua renuncia era inevitável.

O premiê palestino renunciou devido a fortes pressões; externas por Israel e EUA e internas divergências com o líder da AP, Yasser Arafat, e insatisfação da população palestina.

O primeiro ministro de Israel Ariel Sharon, fazia duras críticas à maneira que Abbas estava conduzindo plano de paz mapa da estrada e seus fracassos na tentativa de conter os ataques terroristas dos grupos radicais palestinos, Hamase Jihad Islâmico.

Ariel Sharon, numa das suas declarações, comparou Abbas a um “Franguinho sem asas”. Essa conotação do PM de Israel, deixava claro sua posição que Abbas era fraco demais para continuar na sua posição.

Os EUA pressionaram a Autoridade Palestina para concentrar mais poderes em Mahmoud Abbas para enfrentar duramente as ações extremistas do Hamas e Jihad Islâmico. EUA e Israel se recusam a negociar com Yasser Arafat.

Mahmoud Abbas também estava enfrentando divergências com o líder da AP, Yasser Arafat, que não concordava em punir duramente os militantes dos grupos radicais. A população palestina também não confiava nos esforços de Abbas para conter a violência na região, depositando assim suas esperanças em Yasser Arafat e nos grupos radicais Hamas e Jihad Islâmico.

O resultado dessas pressões foi a renuncia de Abbas, que não cogita repensar sua decisão.

No domingo 07/09, o líder Yasser Arafat, apresentou a liderança da Fatah, seu pedido de nomear o porta voz do parlamento palestino, Ahmed Korei, para ser o novo primeiro ministro da AP.

A indicação de Ahmed Korei, foi aprovada pela Fatah (facção política da qual pertence Arafat) e pela OLP (Organização para a Libertação da Palestina). Michele MATOS PRAVDA. Ru BRASIL

 
2044
Loading. Please wait...

Fotos popular