Pravda.ru

Notícias » Mundo


Chavez: Marcha contra o Imperialismo no 8 de Março

09.02.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Apesar das possibilidades de luta, abertas na América Latina, a participação do Presidente Hugo Chavez não esteve a altura, do que poderia esperar-se dele, neste VI Forum. Em nenhum momento denunciou Uribe, presidente colombiano, responsável por uma política genocida na Colombia.

Infelizmente ainda, deixou claro, também, seu apoio a Lula: "O imperialismo quer nos dividir. Diz que existe uma esquerda séria, de estadistas, com Lula, Lagos, Tabaré, Bachelet e Kirchner, e outra louca, na qual estamos eu, Fidel e Evo. Não temos que nos deixar dividir. Temos que apoiar a Lula. Não se pode pedir a Lula, ou a Kirchner, ou a Evo, que façam o que eu fiz."

A questão, Presidente Chavez, é que Lula faz o que lhe ordena o Imperialismo, é, hoje, um agente do imperialismo em terras brasileiras.

Felizmente, quando do encerramento, o líder venezuelano não deixou vazia sua crítica de que "... um fórum que não tire conclusões, é uma perda de tempo e vai-se transformar numa Feira Turística", e chamou a que aproveitemos o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, para organizar um grande dia de luta contra o imperiliasmo.

Desde o nosso mandato atendemos este chamado e ajudaremos a impulsionar no Brasil esta jornada.

Porém é urgente ir mais além. É necessário conformar na América Latina, um bloco de países devedores que rompa as correntes imperialistas, começando pelo não pagamento da Dívida Externa, trilhando o caminho de nossa segunda independencia.

Precisamos unir os trabalhadores e os povos latino americanos, unir os anti imperialistas consequentes do continente, impulsionando agendas comuns de mobilização e luta:

Fora a ALCA e o imperialismo da América Latina Outra integração é possível, pelo livre trânsito dos trabalhadores entre nas fronteiras

Por um bloco de países devedores para não pagar a dívida externa

Abaixo o Plano Colombia, Fora as bases militares ianques da América latina

Todo apoio à luta do povo boliviano pela nacionalização do petróleo e do gás

Fora as tropas de ocupação, lideradas pelo Brasil, do Haiti

Todo apoio a luta dos trabalhadores e do povo colombiano, basta do genocídio de Uribe

Apoio incondicional às lutas dos trabalhadores e dos povos do continente

Deputado Babá

 
2389
Loading. Please wait...

Fotos popular