Pravda.ru

Notícias » Mundo


Al-Assad: Turquia sofrerá as consequências de seu apoio ao terrorismo

06.10.2013 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

 

Al-Assad: Turquia sofrerá as consequências de seu apoio ao terrorismo. 18960.jpeg

Damasco, (Prensa Latina) O apoio que a Turquia dá aos terroristas internacionais que combatem dentro da Síria se voltará contra esse país, afirmou hoje o presidente sírio Bashar Al-Assad.

Em entrevista concedida ao canal de televisão "Halk" e ao jornal "Yurt", ambos da Turquia, Al-Assad assegurou que, em um futuro próximo, esses mesmos terroristas que hoje Ancara apoia provocarão consequências para esse país, que pagará muito caro pelo apoio dado a eles agora.

Não é possível usar o terrorismo como uma carta na manga e depois simplesmente guardá-la, porque é como um escorpião, que não exitará em picar a qualquer momento, advertiu o presidente.

O Governo de (o premiê Recep Tayyip) Erdogan, acrescentou Al-Assad, é responsável pela destruição da infraestrutura da Síria, por afetar a estabilidade não só de nosso país, mas também de toda a região.

Não obstante, a atual postura de Ancara não conseguiu distanciar o povo turco do sírio, e a consciência dos turcos sobre o que está acontecendo aqui fará as relações bilaterais muito melhores após o fim da crise que a Síria atravessa, agregou.

Em outra parte da entrevista, Al-Assad referiu-se ao problema dos deslocados pelo conflito bélico em que a Síria está submersa.

Nosso governo chamou os refugiados sírios a voltar para a pátria, recordou, e muitos responderam e regressaram do Líbano, Jordânia e Turquia, mas existem tentativas de aterrorizá-los para impedir seu retorno, e usá-los como moeda humanitária e de pressão contra Damasco.

Muitos sírios, explicou Al-Assad, saíram do país devido aos atos terroristas dos grupos armados, e o Exército está realizando operações para acabar com o terrorismo e abrir o caminho para que esses refugiados voltem a seus povoados e cidades.

Com relação à situação síria atual, Al-Assad recusou qualificá-la como guerra sectária e confessional, pois, enfatizou, a natureza da composição do povo sírio e sua história não têm caráter sectário em absoluto.

Pelo contrário, disse, os grupos takfiristas (fundamentalistas) assassinam pessoas de todas as seitas e religiões, e tanto o Estado como a sociedade (síria) são conscientes disso.

Ao abordar o recente diálogo entre Irã e Estados Unidos, o Presidente realçou que isso pode repercutir positivamente sobre a solução na Síria, mas só se Washington for sincero nessa aproximação.

Não obstante, concluiu, ninguém pode falar com segurança da sinceridade dos Estados Unidos nos passos que dão.

 

http://www.iranews.com.br/noticia/10912/al-assad-turquia-sofrera-as-consequencias-de-seu-apoio-ao-terrorismo

 

 
3438
Loading. Please wait...

Fotos popular