Pravda.ru

Notícias » Mundo


Comentário sobre política externa dos EUA

04.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Vice-Ministro de Negócios Estrangeiros da Federação Russa, Anatoli Stefanov, afirmou na sua entrevista que a Federação Russa concordou em aceder à coligação global contra terrorismo para criar estabilidade e segurança no mundo.

“Presidente Vladimir Putin já comparou a ameaça do terrorismo global à ameaça fascista da Segunda Guerra Mundial(Grande Guerra Patriótica)”, disse Anatoli Stefanov, que realçou que naquela altura, a União Soviética e os Estados Unidos da América lutaram juntos contra a ameaça do fascismo alemão.

Hoje, o inimigo é o terrorismo internacional e quer a Federação Russa, Quer os estados Unidos da América, estão convencidos que só uma acção em conjunta, com os outros países da comunidade internacional, terá êxito contra este flagelo.

Uma equipa bilateral foi estabelecido, composta por Vyacheslav Trubnikov e Richard Armitage, que estão a desenvolver projectos sobre trocas de informações entre os serviços secretos, iniciativas dentro da ONU, o Concelho Rússia-OTAN, OCSE e outros organismos.

Tal como o ataque de 11 de Setembro em Nova Iorque, o ataque no Teatro Dubrovka afectou não só cidadãos nacionais, como também estrangeiros, realçando a natureza internacional e global desta ameaça. Perante esta, só pode ser vitoriosa uma aliança, como foi na segunda guerra, de acordo com as declarações de Safanov.

O Vice-Ministro considera que nenhum terrorista ou grupo terrorista deveria gozar de abrigo em qualquer estado do mundo e que os serviços secretos das duas potências estão colaborando estreitamente para eliminar este perigo mútuo.

Olga SELYANINA PRAVDA.Ru

 
1698
Loading. Please wait...

Fotos popular