Pravda.ru

Notícias » Mundo


Ameaça de terror nos EUA – mentiras, outra vez

03.08.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O regime de Bush tem só uma carta para jogar – criar insegurança entre a população e esperar que os eleitores votem para o Diabo que conhecem e não o Kerry, pintado como opção medíocre pelos republicanos, embora que seja um perito em questões de segurança nacional.

Mas pergunta-se, o quê é que poderia ser pior do que um clique de mentirosos patológicos? Depois de Colin Powell ter mentido entre os dentes no edifício das Nações Unidas, quando apresentou sua “magnífica inteligência” acerca do programa das Armas de Destruição Maciça do Iraque, com as fotografias tiradas por satélite com etiquetas e setas, que ao fim e ao cabo não era mais do que uma tese escrita doze anos antes, copiada e colada da Internet… agora Washington lança uma alerta geral baseada em provas que poderiam ter sido produzidas três ou quatro anos atrás.

Ontem as instituições financeiras norte-americanas foram postas em estado de alerta, sob a suposição que Al Qaeda estava planeando um ataque contra Washington e possivelmente, Londres, suposição esta baseada no descobrimento de e-mails encontrados no computador de Ahmed Khalfan Ghailani, preso em Paquistão na semana passada, que é procurado pela sua alegada ligação com os actos terroristas contra embaixadas norte-americanas em Quénia e Tanzânia em 1998. No entanto, oficiais trabalhando na área de segurança ficaram confusos, porque não percebiam as razões pela colocação dum estado de alerta tão elevado, visto que não havia provas directas que apontavam para um ataque. O New York Times e Washington Post citaram oficiais nos serviços da inteligência que afirmaram que não havia qualquer evidência concreta sobre a eventualidade de ataques e que grande parte do conteúdo do pânico de ontem provinha de materiais que existiam já antes do 11 de Setembro.

No Reino Unido, o Ministério do Interior afirmou que os e-mails não constituíam uma ameaça directa ao país e o Partido Conservador (oposição) pediu ao governo de Tony Blair uma afirmação específica sobre a suposta ameaça.

Geração após geração de britânicos e norte-americanos foram criados a confiarem cegamente que os seus líderes iriam dizer a verdade, toda a verdade e nada senão a verdade. O que emana de Washington e Londres hoje é mentiras, mais mentiras e ainda mais mentiras. Alguém confiava a sua pensão de velhice nas mãos de Bush? São horas para uma mudança de regime. George Bush enganou o Mundo.

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
2519
Loading. Please wait...

Fotos popular