Pravda.ru

Notícias » Desporto


Rússia não respeita sanções dos EUA e fornece o sistema S-300 ao Irã

31.08.2015 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Rússia não respeita sanções dos EUA e fornece o sistema S-300 ao Irã. 22839.jpeg

Na entrega do sistema S-300 ao Irã, a Rússia não reconhece as sanções unilateralmente impostas por Washington contra o Irã, as quais vão na contramão dos direitos internacionais.

Assim o deixou claro nesta quarta-feira o chanceler da Rússia, Serguei Lavrov, ao ser perguntado se a entrega de sistemas antiaéreo S-300 ao Irã por parte da Rússia cai dentro do alcance das leis estadunidenses de sanções anti-iranianas."As sanções dos Estados Unidos não são uma preocupação nossa. Nós só cumprimos com nossas obrigações internacionais, mas relativo às sanções, se trata de uma decisão do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (CSNU)”, tem afirmado Lavrov.

Moscovo, tem reiterado Lavrov, não toma em conta nenhuma das restrições unilaterais impostas ao Irã (como as dos EUA) já que não têm sido ratificadas pelo Conselho de Segurança em que  violam as normas gerais do direito internacional.

Na terça-feira, John Kirby, porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, mostrou sua preocupação pelo anúncio da imediata entrega dos sistemas antiaéreos russos S-300 ao Irã, sugerindo obter mais dados sobre a transação para comprovar se é susceptível das restrições que Washington impôs unilateralmente a Teerã.

Neste sentido, o titular russo tem instado às autoridades dos EUA a estudar o tema, assim sendo , talvez, seja útil para eles a fim de que cheguem a uma conclusão correspondente baseada nos princípios da lei internacional.

No passado 14 de agosto, o vice-chanceler  russo, Serguei Ryabkov, declarou que "a decisão sobre o fornecimento de sistemas S-300 ao Irã já tem sido tomada pelo presidente russo, Vladimir Putin, e só se estão a discutir questões técnicas deste assunto."

Neste sentido, o chefe da Diplomacia russa tem sublinhado que a entrega do referido sistema ao Irã é um tema exclusivamente bilateral, portanto não se requer e também não está prevista a participação de um país terceiro.

Previamente, o Ministério de Defesa da Rússia tinha anunciado que Moscovo estava disposto a entregar a Teerã as versões modernizadas de S-300 e que está a trabalhar para melhorar o sistema de defesa de mísseis em linha com as recomendações da parte iraniana.

Ainda mais, o Ministério da Defesa tinha confirmado que este sistema de mísseis, sob o decreto presidencial de Rússia, podem ser entregue ao Irã “imediatamente”.

No passado mês de abril, mediante um decreto, o presidente Putin tem sido eliminado a proibição do fornecimento de S-300 ao Irã, facto que foi bem acolhido pelas autoridades iranianas.

Em 2007, Teerã e Moscovo assinaram um contrato de 800 milhões de dólares para compra de cinco baterias de sistemas móveis de defesa aérea S-300, capazes de detectar alvos até a 300 quilómetros de distância e guiar 12 mísseis contra 6 objetivos ao mesmo tempo.

Não obstante, durante o mandato do presidente Dmitri Medvedev, em 2010, Moscovo negou a entregar o sistema sob o pretexto de que o acordo assinado estaria submetido à quarta rodada de sanções impostas pelo CSNU.

 

Source

http://portuguese.irib.ir/index.php/noticias/iran1/item/227982-russia-nao-respeita-sancoes-de-eua-em-fornecimento-de-s-300-ao-ira ntramão dos direitos internacionais.

 
4155
Loading. Please wait...

Fotos popular