Pravda.ru

Notícias » Desporto


Democracia? Eleições democráticas? Onde?

29.09.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Democracia? Eleições democráticas? Onde?. 27401.jpeg

Democracia? Eleições democráticas? Onde?

1.      Um dos aspetos basilares da democracia é que o direito de votar é igual ao de poder ser eleito. 

2.      ·    Onde isso não acontece, não há democracia; a não ser para recuados ou aldrabões que entendam democracia = folclore eleitoral + ausência de polícia política;

3.      Quando a Constituição (artº 10º) refere que " os partidos políticos concorrem para a organização e para a expressão da vontade popular" toda a população é desconsiderada, tomada como massa de incapazes e ignorantes, necessitada de uma casta que zele por si. 

4.      ·E portanto, relegada à condição de uma desprezada massa de eunucos políticos.

3.  Dentro dessa receita totalitária constitucional, enquistou-se uma casta, um pentapartido que maneja o erário público, ocupa o aparelho de estado, procede a negócios escusos e é pago com mordomias, im(p)unidades, subvenções e isenções de impostos. 

  • Por isso é sempre criativo quanto às formas de aumentar a carga fiscal, o abastecimento do pote;
  • Como é criativo a criar comissões, direções, grupos de trabalho, planos ou, a adjudicar trabalhos a empresas "amigas".

4. A casta autorreproduz-se, é endogâmica como as velhas nobrezas, só aparecendo nas ruas, em períodos eleitorais, em campanhas de charme, para beijocar crianças e velhinhas, entre cornetas e bandeirolas. Fora dessas ocasiões, dedicam-se a alimentar os media com soníferas banalidades ou, com debates onde prepondera um pensamento único e que mais parecem espetáculos do mais reles wrestling.

5. A casta circula em ambientes fechados e guardados, como S. Bento, administrações de empresas, escritórios de advocacia, universidades, cargos públicos, aeroportos e restaurantes caros.

6. A casta vive bem e confortável no seio das suas rígidas hierarquias partidárias, fechadas que estão todas as formas democráticas de decisão sobre a res publica, a toda a população; e mesmo no seu seio;

  • Tudo se resolve intramuros, em parceria com empresários e consultores e a população só é ouvida em aldrabices como o orçamento participativo.

7. Depois de eleitos, agem como lhes convém, sem prestação de contas; igualando representação com sacralização, são inamovíveis dos cargos, por mais lesiva que seja a sua atuação;

  • Os chamados eleitores são impedidos de qualquer ação ou votação que os despeça;
  • Mesmo os referendos só são possíveis se decididos pela casta e validados por uma instituição inútil como a Presidência da República, reminiscência realenga, fora do prazo de validade.

8. Democracia é autogestão, decisão popular, ausência da mãe da toda a corrupção, a classe política.

Por tudo o que sumariamente se disse, votar na casta, no âmbito de um modelo de representação que a perpetua é, como dizia Sartre, "uma armadilha para parvos".

Ler original

 

 
4138
Loading. Please wait...

Fotos popular