Pravda.ru

Notícias » Desporto


Bernardo Mello Franco: é um teatro!

24.10.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Bernardo Mello Franco: é um teatro!. 27542.jpeg

Bernardo Mello Franco: é um teatro!

Parlamentares já se cansaram de encenar sempre a mesma peça

Sobre a votação na CCJ que, por 39 a 26, propõs a rejeição da denúncia contra Michel Temer, o Conversa Afiada reproduz trechos do artigo de Bernardo Mello Franco, na Fel-lha de hoje, 19/X (que Bernardo não se perca com a vizinhança...):

Teatro ruim

(...) Ao subir ao palco, os deputados já sabiam que as cortinas se fechariam com a vitória do Planalto. Mesmo assim, a peça se arrastou por quase nove horas. Ninguém queria perder a chance de brilhar ao vivo na TV. (...)

Os deputados que votariam pela rejeição da denúncia tentavam escapar do papel de vilão. Até Bonifácio de Andrada, autor do parecer a favor do presidente, buscou encenar alguma independência. "Eu sou relator. Não sou líder do governo, não", disse.

Com dez mandatos nas costas, o tucano nunca cairia na própria conversa. Ele foi escolhido para selar uma troca. Temer ajudava Aécio, que ajudava Temer... qualquer semelhança com o poema "Quadrilha", de Carlos Drummond de Andrade, não haveria de ser coincidência.

"É uma permuta", resumiu o petista Paulo Teixeira. Ele ironizou a defesa do governo contra a acusação de obstrução de Justiça. Segundo o Planalto, Temer só queria que Joesley Batista continuasse "de bem" com o presidiário Eduardo Cunha.

"Haveria uma amizade com prestações mensais?", debochou Teixeira. Na famosa gravação do Jaburu, o presidente diz a frase "tem que manter isso" e o dono da JBS responde com a expressão "todo mês".

Apesar dos excessos no microfone, os deputados pouparam o público das costumeiras cenas de empurra-empurra. Eles também parecem cansados de encenar sempre a mesma peça. O teatro ruim deve terminar na próxima quarta, com o sepultamento da denúncia no plenário.

Fonte

 

 
2364
Loading. Please wait...

Fotos popular