Pravda.ru

Notícias » Desporto


Futebol: FC Porto cada vez mais campeão de Portugal

11.01.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Esmagador, frenético, unido, coeso, motivado, interessado, trabalhador, humilde, bonito, às vezes fascinante, eis a equipa de futebol que José Mourinho soube criar no Futebol Clube de Porto. Veio a Lisboa, visitou o atual campeão, Sporting Clube de Portugal, venceu e alarga a diferença para 14 pontos entre o velho, e o que vai ser o novo, campeão da Superliga portuguesa.

SCP 0 FCP 1 foi o resultado final, fixado já aos 5 minutos da primeira parte. Costinha foi o marcador, somando mais três pontos para o FC Porto, o que foi inevitável desde o início do jogo. Nem 10 segundos tinham passados quando Derlei foi infeliz por não ter inaugurado o marcador. Após 4 minutos, viu outra oportunidade agarrado por Tiago.

O resultado final era óbvio mesmo antes do apito inicial. Na fase de aquecimento, os jogadores de Sporting, andavam por aí, à deriva, cada um fazendo as suas preparativas. Os jogadores do FC Porto, não. Tinha dois treinadores em campo, os exercícios eram interessantes de observar pela sua variedade. A equipa estava evidentemente coesa, unida, uma coletiva. A breve sessão de treino mostrou uma preparação física invejável – pareciam setas os portistas.

Quando iniciou o jogo, era só uma questão de tempo até o FC Porto marcar. Sporting marcou passo na primeira parte, que viu onda após onda de ataques portistas infrutíferas, ou por mérito de Tiago, ou por falta de sorte, ou por falta de pontaria; o FC Porto poderia ter marcado uma mão cheia de golos, tanta era a diferença entre as equipas. O Sporting teve de esperar meia hora para marcar o seu primeiro canto, o que diz tudo sobre a primeira parte.

Laszlo Boloni mexeu na equipa no intervalo, tirando Quiroga e Quaresmo e lançando Sá Pinto e Jardel para dar mais força ao ataque. Mário Jardel tem tido um sem fim de problemas fora do campo. Nota-se. O melhor marcador de seis campeonatos em três países europeus é ainda uma sombra se si, embora começa a dar uns toques de magia. No entanto, é um homem marcado e não anda em parte nenhuma do campo sem policiamento.

Por muito que o Sporting tentasse, não conseguiu tomar conta do encontro. Deco e Costinha tomaram conta do meio campo, o primeiro nos lances de ataque, o segundo a fazer o elo entre a defesa, onde Jorge Costa é uma torre de força, e o ataque, onde Derlei paira, sempre prestes a explodir. A pressão portista continuou e gradualmente tomou conta das operações no decorrer da segunda parte, os cinco cantos, contra zero do Sporting, sendo testemunha do fio do jogo.

20,500 espectadores viram as seguintes equipas:

Sporting Clube de Portugal Tiago, Rui Bento, Quiroga (Sá Pinto,45), Hugo, Pedro Barbosa (Capitão), Kutuzov (Ronaldo,68), Contreras, Quaresma (Jardel, 46), Rui Jorge, João Pinto, Toñito.

Futebol Clude do Porto Vitor Baía, Jorge Costa (Capitão), Pedro Emanuel, Costinha, Nuno Valente, Deco, Derlei (Tiago, 82), Maniche, Capucho (Clayton, 63), Paulo Ferreira, Helder Postiga (Jankauskas, 75).

Parabéns ao Futebol Clube do Porto por ter sabido criar mais uma equipa campeã, com metade do campeonato ainda para jogar. Resta perguntar o que vai ser do clube quando o seu hábil Presidente, Jorge Nuno Pinto da Costa, no lugar há duas décadas, decide retirar-se.

PRAVDA.Ru

 
3356
Loading. Please wait...

Fotos popular