Pravda.ru

Notícias » Desporto


EQUIPA RUSSA PARTICIPARÁ NO RALLY PARIS-DACAR

02.01.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

As equipas russas começaram a participar no rally Paris-Dacar há 15 anos, ainda na época da União Soviética. Foi justamente naquele período, em 1988, que o mais popular camião russo Kamaz entrou na rota do famoso rally. Este camião é produzido pela Fábrica Automóvel de Kama, na cidade de Naberejnye Tchelny (Tatarstão). Nesta república da Federação Russa, atravessada pelo rio Volga, o automobilismo goza de grande popularidade e é praticado por muitos habitantes. Basta dizer que dois filhos do Presidente do Tatarstão, Mintemir Chaimiev - Radik e Airat - são campeões da Europa em corridas de automóvel em terreno acidentado.

A Fábrica Automóvel de Kama e os seus camiões são um dos motivos de orgulho do Tatarstão, tendo estes últimos granjeado excelente reputação no mundo do automobilismo. Os pilotos russos ao volante destes veículos ganharam mais de uma vez algumas etapas do rally Paris-Dacar. No ano passado a equipa de Vladimir Tchaguin venceu o rally na categoria de camiões de grande capacidade. Uma outra tripulação russa ocupou o terceiro lugar na mesma categoria. Claro que os veículos que participam no rally se distinguem dos montados em série. O modelo Kamaz que participa na corrida foi projectado tendo em vista as particularidades do trajecto do rally, uma parte considerável do qual passa pelo deserto africano. Elogiando os projectistas do veículo, Vladimir Tchaguin, que se distinguiu no rally do ano passado, disse que os Kamazes demonstraram a sua segurança e robustez nesta prova dificílima em todos os sentidos. Segundo o piloto, o Kamaz é um veículo que resiste aos maus caminhos e às sobrecargas prolongadas e excessivas.

Vladimir Tchaguin é membro do clube desportivo "Kamaz-master" da Fábrica Automóvel de Kama. São membros do mesmo clube também os onze outros pilotos russos que na noite de Ano Novo partirão de Paris. Entre eles figuram Serguei Savostin, co-piloto permanente de Tchaguin, bem como Aidar Beliaiev, Firdaus Kabirov, Djamil Kamalov, Serguei Guiria, Eduard Kuprianov, Vladimir Golub e outros. O mais experiente membro da equipa é o seu treinador e dirigente Semion Iakubov que ainda na época da URSS participou neste rally. E só Andrei Ivanov, que disputará o rally no "jeep", não faz parte da equipa da fábrica de Kama. Ele representa-se no rally a si próprio e os seus patrocinadores.

Os pilotos russos já granjearam sólida reputação além fronteiras. Por isso, eles são por vezes convidados para as equipas de famosas companhias estrangeiras. Assim, pilotos russos participaram nas equipas da Mitsubishi e de algumas outras companhias. E deram a melhor prova de si.

Na Rússia espera-se que o actual rally de duas semanas seja bem sucedido para todas as equipas russas e que na linha de chegada em Dacar eles se encontrem entre os primeiros. O optimismo baseia-se na mestria dos pilotos e na segurança dos veículos nacionais.

Valeri Asrian, observador da RIA "Novosti © RIAN

 
3020
Loading. Please wait...

Fotos popular