Pravda.ru

Notícias » Portugal


Bispo português votaria sim sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez

24.01.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Bispo português votaria sim sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez

O Bispo de Viseu, D.Ilídio Leandro, declarou terça-feira em Viseu que votaria sim se o que estivesse em causa no referendo de 11 de Fevereiro fosse a despenalização da mulher que pratica o aborto.

 «Sem contradição nenhuma votaria sim» , disse o bispo num debate sobre a Interrupção Voluntária da Gravidez (IVG) realizado terça-feira na Escola Superior de Educação de Viseu.

D.Ilídio Leandro falava no debate enquanto defensor do Não no referendo do próximo dia 11 de Fevereiro, que coloca a seguinte pergunta: Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas primeiras 10 semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?.

Do lado do Sim estava Alexandre Azevedo Pinto, do movimento Jovens pelo Sim.

O Bispo Ilídio Leandro, em declarações difundidas pela rádio Noar, de Viseu, considerou que «ninguém vai para o aborto por vontade própria ou por leviandade» e que a mulher «é uma vítima da sociedade e não alguém que promove a prática do aborto» .

O Bispo de Viseu disse ainda que no dia seguinte ao referendo sobre a despenalização do aborto, a Diocese de Viseu «vai anunciar algo para ajudar nos casos e situações atentatórias de degradação humana» .

A Igreja Católica, maioritária em Portugal, é frontalmente contra a liberalização da interrupção voluntária da gravidez (IVG), que vai ser sujeita a referendo nacional a 11 de Fevereiro.

Sol

 

 
1680
Loading. Please wait...

Fotos popular