Pravda.ru

Notícias » Portugal


Lula quer aperfeiçoar relações com vários países

11.07.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O presidente iniciou hoje a agenda de compromissos oficiais em Lisboa, encontrando-se, na Torre de Belém, com o presidente de Portugal, Jorge Sampaio. Após as honras militares, os dois presidentes discursaram reafirmando os laços de amizade entre o Brasil e Portugal.

Lula, que foi homenageado por Sampaio com a mais alta condecoração portuguesa - o Grande Colar da Ordem da Liberdade -, afirmou que Portugal pode ser uma extraordinária plataforma para grandes empresários brasileiros. "Temos a exata noção do papel do Brasil no mundo globalizado. Vamos fazer da melhor maneira possível para que os países emergentes tenham a chance de crescimento econômico", garantiu Lula, advertindo que os países mais pobres precisam de oportunidades.

Segundo Lula, antes, portanto, o Brasil precisa fazer a lição de casa. "É preciso consolidar primeiro o Mercosul, dar ao Brasil hegemonia de bloco da América do Sul, para depois negociar com a União Européia e outros blocos", disse, lembrando que a globalização tornou o mundo menor e criou espaços mais fáceis de serem comercializados.

O presidente Jorge Sampaio, por sua vez, declarou que, nas relações bilaterais, Portugal e Brasil vivem hoje um excelente momento, com oportunidades de discutir projetos de desenvolvimento e consolidação das relações. "A visita do presidente Lula é muito significativa no contexto político e empresarial. Hoje existem muitos investimentos portugueses no Brasil e desejamos também que os investimentos brasileiros em Portugal cresçam de forma significativa", afirmou.

"Perfil de lutador" Segundo Sampaio, a condecoração que Lula recebeu hoje tem valor diferente daquelas feitas a chefes-de-estado que visitam o país. A Ordem da Liberdade foi criada após a revolução de 25 de abril de 1974, destinada a distinguir serviços relevantes para a causa da democracia e da liberdade. "Esta seria a forma mais adequada de homenagear Lula e seu perfil de lutador contra regimes autoritários que, durante décadas, oprimiram o Brasil, como sindicalista, ativista político e defensor dos oprimidos e sem voz".

Segundo Sampaio, Lula é um presidente da República cuja eleição, a todos os títulos exemplar, virou uma nova página na história do Brasil. "O estadista no qual o mundo inteiro tem os olhos postos com enorme expectativa. É um homem político no qual milhões de brasileiros depositam as suas esperanças para alcançar uma vida melhor", disse Sampaio.

O presidente português lembrou a dura experiência vivenciada por Lula, como a pobreza, a prisão e a derrota nas eleições presidenciais. Mas, segundo ele, de todas as provações Lula sempre emergiu mais forte e determinado no seu combate incessante por um Brasil mais justo, mais próspero e mais solidário.

Sampaio homenageou também Dona Marisa Letícia, que ganhou a Grã-Cruz da Ordem, por ser, de acordo com Sampaio, "companheira de Lula nas batalhas".

Nesta tarde, após almoçar com o presidente português, Lula se emocionou ao entregar o Prêmio Camões para o escritor Rubem Fonseca, representado na cerimônia por sua filha Maria Beatriz Fonseca Duarte.

Segundo Lula, o Prêmio Camões tem dimensão especial porque consagra o talento narrativo, domínio e agilidade da prosa, inovadora e inquietante de Rubem Fonseca, que já conquistou neste ano, no Brasil, o Prêmio Jabuti.

Mais importante aliado O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, destacou ontem, dia em que Lula chegou ao país, a importância de o presidente brasileiro iniciar por Portugal sua primeira visita oficial como chefe de Estado a um país estrangeiro.

Do ponto de vista político, disse que Portugal é o mais importante aliado nas negociações com a União Européia, porque possui laços históricos e culturais com o Brasil. E, pelo lado econômico, ressaltou a presença de investidores portugueses no país. "A presença de investimentos portugueses no Brasil não é nada desprezível, pois chega à casa dos US$ 12 bilhões, o que coloca Portugal como o terceiro maior país da Europa a investir em nosso país".

O ministro Celso Amorim lembrou ainda que, juntamente com o Timor Leste e cinco países africanos, Portugal faz parte da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), um importante espaço de negociação política.

"O fato de o presidente Lula fazer a sua primeira visita de Estado a um país estrangeiro, aqui em Portugal, é um motivo do simbolismo que a política sempre tem", disse Amorim.

Partido dos Trabalhadores

 
4597
Loading. Please wait...

Fotos popular