Pravda.ru

Notícias » Portugal


Coimbra Capital da Cultura 2003

09.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

CiberLiteratura Maio.2003

Descrição do Tema Tal como na oralidade, este novo meio permite a co-presença dos sujeitos na elaboração do discurso, com o dinamismo e a interactividade inerentes à oralidade. É o abandono, deste ponto de vista, da narrativa linear, fixa, fechada (pelo suporte) e basicamente muda, para uma narrativa aberta, dinâmica aonde se poderá perder, inclusivé, a figura das versões autorais. O que o texto é passa a ser configurado também pelo sujeito leitor e não somente pelo seu autor, numa narrativa potencialmente infinita, pela junção de hiperligações, de hiperdocumentos, numa construção aberta e heterogénea. É esta construção conjunta, esta multiplicidade de vozes construtoras de fios de discurso, que pode conduzir a uma visão plural, enriquecida a partir de contributos diferenciados e potencialmente geradora de construções do real mais plenas e significativas.

Convidados

Jerome McGann Luís Filipe Teixeira Manuel Portela Pedro Barbosa CiberLiteratura

Objectivo da secção: Na prossecução dos objectivos já definidos, prosseguimos para a discussão dos novos processos de criação literária e eventualmente de novos 'trilhos' de construção da escrita que decorrem quer da multinearidade da escrita e leitura, quer da quase co-presença entre autor e leitor. Inclui também a reflexão sobre a constituição de arquivos digitais em linha contendo o acervo literário do passado. Para a discussão contribuem especialistas como Pedro Barbosa, Jerome McGann, Manuel Portela e Luís Filipe Teixeira.

www.ciberscopio.net

Projecto Ciberscópio

Constitui um portal de acesso a um ciclo de conferências (Cibercultura, Ciberliteratura, Ciberdifusão, Ciberarte, Ciberciência, Cibersimulação e Cibercidadania) que convida à discussão sobre a cultura digital.

Tem por objectivo estabelecer um fórum alargado capaz de, por um lado, provocar uma maior transversalidade e diálogo entre as diferentes áreas do saber, e, por outro lado, criar um espaço de discussão aberto a um público menos familiarizado com as produções nestes domínios, particularmente as de autores portugueses.

Cibercultura :: Abril

Inicia-se com a Conferência sobre Cibercultura o desenrolar do mapa que pretendemos cartografar. Tem como objectivo discutir o tema cibercultura, desde a sua definição até às possibilidade engendradas pelo novo meio nos processos de criação e cognição, cooperação e partilha do conhecimento, a partir do contributo de textos de especialistas de reconhecido mérito como Luís Carmelo, Gustavo Cardoso, Mark Dery, Pierre Lévy e Howard Rheingold.

Ciberliteratura :: Maio

Na prossecução dos objectivos já definidos, prosseguimos para a discussão dos novos processos de criação literária e eventualmente de novos ‘trilhos’ de construção da escrita que decorrem quer da multinearidade da escrita e leitura, quer da quase co-presença entre autor e leitor. Para a discussão contribuem especialistas como Pedro Barbosa, Jerome McGann, Manuel Portela e Luís Filipe Teixeira.

Ciberdifusão :: Junho

A criação digital supõe uma maior facilidade de difusão e partilha do conhecimento. Avaliar os constrangimentos que se colocam a este objectivo, por razões que se prendem com o Direito de Autor e direitos conexos, ou as novas possibilidades abertas pelos livros e pelas bibliotecas digitais, são os maiores objectivos desta secção. Contaremos, para o efeito, com especialistas de áreas diversas, entre os quais, José Afonso Furtado, Stevan Harnad, Francisco Reis Lima, Alexandre Pereira e Howard Rheingold.

Ciberarte :: Julho

Apresentar textos e/ou projectos que ilustrem a apropriação das TICs na construção de manifestações estéticas e/ou novas formas de apreensão e manifestação do real é o objectivo que preside a esta conferência. Contamos, entre outros, com a participação de Roy Ascott.

Ciberciência :: Setembro

A utilização de linguagens não verbais pode constituir o veículo mais eficaz em situações de criação e transmissão de conhecimento. Procura-se, por isso, mostrar como o meio digital se presta a nova formas de aprendizagem pelo recurso, por exemplo, a videoclips, a modelos tridimensionais ou a novos modelos de transmissão da informação científica.

Contamos, entre outros, com a participação de Carlos Fiolhais.

Cibersimulação :: Outubro

Discutir o conceito de simulação, a relação entre a tecnologia e a dimensão sensória humana e as consequências filosóficas da aplicação da tecnologia são os principais objectivos desta conferência. Para a discussão trazemos especialistas como Carlos Fiolhais, Luís Moniz Pereira, Luís Filipe Teixeira e Kevin Warwick.

Cibercidadania :: Novembro

Ao inaugurarmos uma “ágora” virtual pretendemos reflectir sobre o seu significado e particularmente saber se esta se pode ou não constituir como um espaço de afirmação de uma nova forma de cidadania. Contamos, entre outros, com a participação de Rui Bebiano e Howard Rheingold.

Ciberscópio

CiberCultura

Cibercultura

Objectivo da secção: Discutir o tema cibercultura, desde a sua definição até às possibilidade engendradas pelo novo meio nos processos de criação e cognição, cooperação e partilha do conhecimento, a partir do contributo de textos de especialistas de reconhecido mérito como Luís Carmelo, Gustavo Cardoso, Mark Dery, Pierre Lévy e Howard Rheingold.

Ciberdifusão Objectivo da secção: A criação digital supõe uma maior facilidade de difusão e partilha do conhecimento. Avaliar os constrangimentos que se colocam a este objectivo, por razões que se prendem com o Direito de Autor e direitos conexos, ou as novas possibilidades abertas pelos livros e pelas bibliotecas digitais, são os maiores objectivos desta secção. Contaremos, para o efeito, com especialistas de áreas diversas como Eduardo Prado Coelho, José Afonso Furtado, Stevan Harnad, Francisco Reis Lima, Alexandre Pereira e Howard Rheingold.

Ciberarte

Objectivo da secção: Apresentar textos e/ou projectos que ilustrem a apropriação das TICs na construção de manifestações estéticas e/ou novas formas de apreensão e manifestação do real é o objectivo que preside a esta conferência. Contamos, entre outros, com a participação de Roy Ascott.

www.Coimbra2003.pt

 
6556
Loading. Please wait...

Fotos popular