Pravda.ru

Notícias » Portugal


Alípio Ribeiro demitiu-se

07.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Alípio Ribeiro, diretor da Polícia Judiciária (PJ) manifestou ter uma "posição diferente" da do governo quanto à filosofia de investigação criminal e considerou que essa divergência “era inconciliável” para sua manutenção no cargo , segundo a Agência Lusa

José Maria de Almeida Rodrigues, 49 anos, coordenador de investigação criminal da PJ, será o sucessor de Ribeiro, de acordo com TVI.

Segundo a Rádio Renascença, Alípio Ribeiro alegou estar cansado da exposição de seu cargo na mídia.

O mandato de Alípio Ribeiro à frente da PJ, que terminava em abril do próximo ano, ficou marcado por algumas polêmicas.

Na última segunda-feira, seguiu para promulgação pela presidência portuguesa uma nova lei sobre a Polícia Judiciária, enquanto nesta quarta o Parlamento luso deve aprovar a nova Lei de Segurança Interna e a nova Lei de Organização da Investigação Criminal.


Em entrevista publicada na segunda-feira pelo jornal Diário Econômico, Alípio Ribeiro se mostrou a favor da transferência da tutela da PJ do Ministério da Justiça para o da Administração Interna - que concederia mais "eficácia" -, criticando o cargo de secretário-geral da Segurança Interna que será criado com as mudanças na legislação.

O mandato de Alípio Ribeiro também ficou marcado por uma declaração referente à investigação do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann.

Alípio Ribeiro afirmou em uma entrevista que teria havido "alguma precipitação" ao se declarar como suspeito o casal McCann, pais da criança que desapareceu no sul de Portugal em 3 de maio de 2007.

Essa afirmação foi fruto de bastante polêmica em Portugal e levou o ministro da Justiça, Alberto Costa, a dar explicações no Parlamento.

 
1852
Loading. Please wait...

Fotos popular