Pravda.ru

Notícias » Brasil


Genoino faz acordo de cooperação com PC chinês

27.04.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Genoino foi acompanhado dos secretários nacionais do PT Delúbio Soares (Finanças) e Paulo Delgado (Relações Internacionais); da senadora Fátima Cleide (PT-RO); e do dirigente petista Valter Pomar.

Segundo a Agência Estado, Genoino afirmou, em entrevista, que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva está caminhando no sentido de construir um país forte economicamente, que promova o desenvolvimento se abalos, rupturas ou planos macroeconômicos mirabolantes.

Segundo ele, o governo cumpriu uma agenda extensa neste um ano e cinco meses de mandato. Genoino cita o cumprimento da agenda legislativa, “que estava emperrada há oito anos”; e a eficaz gestão macroeconômica, com o controle da inflação, a redução da dolarização da dívida, a reconquista da credibilidade internacional e a redução das taxas de juros, que estavam em 26,5% no início do governo e agora caíram para 16%. “Ainda é alta, mas estamos em uma política de queda constante”, afirmou.

Sobre a questão da reforma agrária, Genoino ressaltou as metas estabelecidas pelo governo, de assentar 115 mil famílias neste ano, e afirmou que as ações do chamado “Abril Vermelho” foram interpretadas pelo PT como uma iniciativa exagerada do MST. "O MST tem autonomia para nos criticar e pressionar, mas dentro dos marcos do estado de direito.”

Ele também destacou que o governo pretende disponibilizar R$ 15 bilhões, através do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, para crédito popular e geração de empregos em saneamento básico e recuperação de estradas.

Segurança

Em relação à violência, Genoino afirmou que o governo tem como prioridade agilizar um sistema único de segurança pública, acordos entre os Estados e a Federação, investindo na Inteligência e em equipamentos policiais. Para ele, o governo federal deve reforçar as Forças Armadas para controlar as fronteiras, aeroportos e portos, por onde entra o tráfico de armas e drogas.

Quanto às críticas do presidente nacional do PSDB, José Serra, em relação à segurança pública, Genoino disse que "Serra era muito mais lúcido no governo do que na oposição. "Ele deveria lembrar das permanentes crises que o PSDB enfrentou com a segurança pública nos últimos anos. Em várias dessas crises o PT cooperou em São Paulo. Não podemos transformar a segurança pública em uma contenda partidária e tirar proveito eleitoral do tema. Estão brincando com o fogo", afirmou.

PT

 
2684
Loading. Please wait...

Fotos popular