Pravda.ru

Notícias » Brasil


PONTES, O GAGARIN BRASILEIRO

15.02.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Os soviéticos foram os primeiros com o lançamento do Sputnik em 1957, mas no ano seguinte os norte-americanos lançaram o Explorer. Deveria haver então, uma nova demonstração de superioridade, desta feita, deveria ser um ser humano a estar a bordo da nave, pois uma simples cadela não seria considerada como uma prova de superioridade. Então, em abril de 1961, os soviéticos cheios de orgulho, conseguiram, com sucesso, lançar o primeiro homem ao espaço sideral: Iuri Gagarin.

O então líder soviético Nikita Kruschov, que prometera enterrar os norte-americanos, agora tinha um concorrente à altura: John Kennedy que, entre outras coisas, iniciou um programa de apoio ao curso de engenharia em que, por exemplo, um aspirante a carreira de medico, desistisse em favor da engenharia, pois era muito mais vantajoso.

No ano seguinte o norte-americano John Glenn foi o segundo homem, mas o primeiro capitalista a orbitar a Terra. Kennedy então, não desejando mais ser segundo, prometeu que antes de terminar a década de 1960 s EUA pousariam um homem na Lua e o trariam cm segurança de volta a Terra. Infelizmente para ele, não estava vivo para ver sua promessa cumprida.

No Brasil, a superioridade é disputada entre petistas e tucanos até na área da conquista do espaço. Em novembro de 1997 foi lançado o primeiro foguete brasileiro cujo projeto foi estranhamente mantido em segredo absoluto até o lançamento. Foi um fracasso retumbante , sendo o foguete destruído após atingir certa atura. Milhões e milhões de reais indo pelos ares literalmente.

Obviamente que se o lançamento fosse bem sucedido, o governo Fernando Henrique Cardoso faria um espetáculo de propaganda dizendo que aquele era o foguete do Plano Real, mas como fracassou, é melhor que nem sequer fosse lembrado este episódio, o que realmente se sucedeu e nem sequer afetou a reeleição de Fernando Henrique.

Agora era a vez do PT e em agosto de 2003, todos estavam aguardando o lançamento do VLS do PT, não dos tucanos. O fracasso motivado pela incompetência desta feita, não teve somente prejuízo material e moral, mas humano, pois 21 pessoas morreram no incidente. Mas, o governo poderia declarar que é comum pessoas morrerem na conquista do espaço como ocorreu no caso dos tripulantes das naves Colúmbia e Discovery e provavelmente, as mortes que ocorreram no programa espacial russo e que não foram reportadas.

Os brasileiros, de qualquer forma, agora tem motivo para se orgulhar, pois temos o primeiro astronauta brasileiro o tenente-coronel Marcos Pontes que carregará com orgulho, a bandeira brasileira para a Estação Espacial Internacional. Para Lula, comunista de coração e espírito, é bom que Pontes, que para ele é um cosmonauta e não um astronauta, esteja a bordo de uma Soyus e não de uma Colúmbia e seja lançado da base do Cazaquistão e não em Cabo Canaveral, embora fosse melhor que Pontes estivesse a bordo de um foguete brasileiro do PT. A propósito, seria bom se Pontes juntamente com a bandeira brasileira, também carregasse uma bandeira do PT.

Esperemos que se a missão for bem sucedida e Pontes for condecorado no Palácio do Planalto por lula e desfilar em carro aberto pelas ruas do Brasil, não seja uma motivação para retomar o programa espacial tupiniquim e mais alguns milhões de reais e mais vidas sejam jogadas fora. È preciso deixar este tipo de projeto com quem sabe e pode.

Jose Schettini Petrópolis BRASIL

 
3601
Loading. Please wait...

Fotos popular