Pravda.ru

Notícias » CPLP


Sindiuva – história sindical

22.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Companheiros do SINDIUVA - o dia 20 de maio de 2008 ficará marcado na história do movimento sindical das três universidades estaduais do Ceará. Nesta data, depois de muita luta e resistência da categoria docente destas instituições tivemos aprovado na Assembléia Legislativa o nosso Plano de Cargo Carreira e Vencimentos (PPCV). Este fato por si só já seria motivador de estarmos festejando esta grande vitória, porém, temos muito mais a comemorar, em especial a confirmação de que somente através da organização dos movimentos sociais as conquistas serão possíveis.

Nosso principal mérito durante este longo processo foi termos mantido nossa independência perante um governo que se sustenta no discurso de legítimo representante da classe trabalhadora. A crítica contundente e necessária por parte do SINDIUVA, SINDUECE E DO SINDURCA à proposta inicial do GOVERNO foi de fundamental importância para as conquistas obtidas na versão final do nosso PCCV. Temos a convicção de que sem os nossos movimentos paredistas (tivemos duas greves até chegarmos até aqui) jamais teríamos alcançado esta vitória.

Além do obstáculo central neste processo de negociação que foi os representantes do Governo Estadual tivemos que lutar contra uma série de outros empecilhos nesta penosa trajetória, entre eles podemos citar as ADMINISTRAÇÕES DAS UNIVERSIDADES, O PODER JUDICIÁRIO, A POSTURA DE ALGUNS PROFESSORES DAS NOSSAS UNIVERSIDADES QUE AINDA NÃO COMPREENDERAM A IMPORTÂNCIA DA ORGANIZAÇÃO SINDICAL, e por fim e talvez o mais danoso nesta reta final o SINDESP sindicato este que a tempos perdeu seu legitimidade perante os docentes das três universidades.

Sua postura nestes últimos dias foi tentar a todo custo inviabilizar a aprovação do nosso PLANO. A especulação de que a opção pelo PCCV descartaria a possibilidade de implantação do PISO SALARIAL repercutiu sobre nossa base confundindo inclusive companheiros que tiveram uma contribuição valiosa durante o percurso de luta pela aprovação do PCCV. Claro que não seríamos irresponsáveis em defender uma proposta que prejudicasse um elemento sequer da nossa categoria. Continuamos defendendo a imediata implantação do PISO SALARIAL, entretanto continuamos com a compreensão que este fato se concretizará a partir do momento em que a categoria se mobilizar efetivamente. Não temos a menor dúvida que esta longa espera se perpetuará enquanto a diretoria do SINDESP continuar acreditando que a justiça burguesa favorecerá os trabalhadores.

Por fim ressaltamos que uma UNIVERSIDADE não se qualifica apenas com salários dignos dos professores. Não relaxaremos e não daremos trégua a este GOVERNO enquanto outros elementos não se efetivarem concretamente na nossa instituição. Financiamento público, infra-estrutura, democracia e autonomia universitária, concurso para professores e técnicos administrativos, política de Assistência Estudantil são apenas algumas das reivindicações que exigirão da nossa categoria a necessidade de fortalecer nosso sindicato.

É isto companheiros cansado mais feliz afinal hoje confirmamos: PCCV não se ganha conquista-se.

Prof. Nicolau Bussons

PRESIDENTE DO SINDIUVA

 
3231
Loading. Please wait...

Fotos popular