Pravda.ru

Notícias » CPLP


Opinião: Sobre o “Cabo” Anselmo

18.07.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Nas últimas décadas, difundiu-se uma versão sobre Anselmo de que o mesmo seria agente das forças de segurança antes do Golpe de 1964.

Tal versão é falsa e foi propagada pelos capitulacionistas do então “partidão”, que consideravam “agente provocador” a todos os militantes de esquerda que tinham uma postura combativa.

Repetir essa falsa idéia é desrespeitar a História e principalmente desrespeitar aos valorosos companheiros nossos que atuavam na Marinha Brasileira onde tiveram uma militância efetivamente revolucionária.

Muitos deles participaram ativamente do processo revolucionário armado contra a ditadura militar, a exemplo de Antonio e José Duarte, Avelino Capitani, Viegas e tantos outros.

Anselmo militou na esquerda e quando preso, ao regressar do exterior, trai a causa e passa a ser agente da repressão da ditadura, em uma perfeita combinação de sua fraqueza com a canalhice.

Já na condição de agente, procura contatos no exterior e mostra serviço a seus patrões, levando para a morte diversos companheiros, inclusive a mulher com quem vivia e que dele esperava um filho.

É muito importante que o programa “Linha Direta” traga luz a esses tristes fatos, sobretudo porque o crápula Anselmo pleiteia uma reparação do governo por sua “perseguição política”.

Na verdade, ao passar de armas e bagagens para o lado inimigo e entregar companheiros à morte, como fez, Anselmo definiu sua vida e seguramente ficou quitada qualquer dúvida que tivesse o Estado para com ele, fruto de perseguição anterior à sua opção canalha e traidora.

Definitivamente, com esse ato vil, Anselmo comprou sua Anistia da ditadura militar e pagou-a com o sangue de nossos companheiros.

A concessão da Anistia ao “cabo” Anselmo ofenderia a memória daqueles que deram a vida por nossa pátria!!!

Leopoldo Paulino

Autor do livro “Tempo de Resistência”

Militante da ALN no período da ditadura militar

http://www.tempoderesistencia.com.br/

leopoldo@leopoldopaulino.com.br

 
2161
Loading. Please wait...

Fotos popular