Pravda.ru

Notícias » CPLP


Angola: Porto de Caio lança programa de impacto social

15.03.2018 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Angola: Porto de Caio lança programa de impacto social. 28399.jpeg

Angola: Porto de Caio lança programa de impacto social

  

Angola: Porto de Caio lança programa de impacto social para apoiar a pesca artesanal e as comunidades do Caio, Chiaze e Buco Mazi

  

  • Porto de Caio (PoC) lança programa de impacto social através da adjudicação de quatro barcos de pesca à comunicadade, através de um estaleiro local
  • O programa, incluindo o centro de desenvolvimento comunitário, surge em colaboração com a administração local, líderes comunitários, autoridades tradicionais e associação de pescadores de Cabinda (APESCAB)

 

Cabinda, Angola | Terça-feira, 14 de Março de 2018: Porto de Caio, O primeiro porto de águas profundas de Angola, em construção na Província de Cabinda, anunciou o lançamento do seu programa de impacto social, que inclui a construção de quatro embarcações de pesca e um centro de desenvolvimento comunitário.

O centro de desenvolvimento será gerido pelas comunidades do Caio, Chiaze e Buco Mazi, juntamente com representantes tradicionais, Associação de Pescadores (APESCAB), facilitadores e supervisores do Porto. A Empresa de Engenharia, Aquisição e Construção (CRBC) do PoC, China Road & Bridge Corporation (CRBC) trabalhará em parceria com o porto em vários projectos sociais.

O contrato para a construção dos quatro navios, que beneficiará a pesca artesanal nas comunidades de Caio, Chiaze e Buco Mazi, foi adjudicado a um construtor de embarcações local, Coopesa Gina-Mar SCRL. O Vice-Governador da Província de Cabinda para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Joaquim Maliche lançou ontem a primeira pedra do novo Centro de Desenvolvimento Comunitário no Caio cuja construção prevê terminar em setembro de 2018.

Jack Helton, director executivo do Porto de Caio, comentou: "Trabalhamos em estreita colaboração com nossos stakeholders em Cabinda para o desenvolvimento do nosso programa de impacto social e hoje estamos muito felizes em avançar com nossas primeiras iniciativas nomeadamente aquisição de quatro barcos de pesca para benefício da comunidade local e o lançamento da primeira pedra do centro comunitário".

Quando atingir o pleno funcionamento, espera-se que o Porto de Caio aumente o comércio local em pelo menos 30% e crie 1.600 empregos directos em operações diárias e 8.000 empregos indirectos na comunidade em geral.

"Estamos empenhados em investir nos meios de subsistência das comunidades locais, particularmente aquelas que habitam ao redor das obras", afirmou Jack Helton.

O centro de desenvolvimento comunitário do Caio actuará como um ponto focal onde as comunidades locais poderão identificar prioridades e soluções para as questões económicas e sociais ligadas a habitação, água, saneamento, a questão da fome, família e emprego.

Sr. Helton acrescentou: "Um dos aspectos mais importantes da responsabilidade social de uma empresa é que os gestores e funcionários participem das actividades de fórum social da sua comunidade local".

Uma vez concluído, o projecto portuário será uma importante porta comercial para Angola e a região em geral, tornando-se um motor para o crescimento económico, aumentando o padrão de vida e criando oportunidades económicas reais. Essas oportunidades serão reforçadas pela provisão de novos navios de pesca, uma iniciativa que foi recebida pelos líderes da comunidade, autoridades tradicionais, coordenadores das aldeias e pela Associação dos Pescadores de Cabinda (APESCAB).

Sobre o Porto de Caio 

O Porto de Caio é uma infraestrutura portuária de classe mundial, parte integrante de um novo programa de infraestrutura do Governo de Angola que emergiu de uma parceria público-privada com a empresa pioneira Caioporto SA, com sede em Angola. A Caioporto SA recebeu a concessão para financiar, planear, projectar, construir e gerir o Porto de Caio, nos termos e condições acordados em um contrato de concessão elaborado em colaboração com o Ministério dos Transportes.

Uma vez concluído, o Porto de Caio irá redefinir as noções convencionais de comércio com Angola. O projecto está directamente alinhado aos planos do Governo Angolano de reconstrução da infraestrutura nacional e servirá como catalisador para a cooperação regional e internacional através da implementação de programas de transporte marítimo, ferroviário, rodoviário e portuário. O lançamento do Porto de Caio gerará receitas significativas para a região, estimulará o crescimento económico e a criação de empregos.

Foto:  Por VOA News, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=50467407


Olivio Gambo

Djembe Communications

 

 
5951
Loading. Please wait...

Fotos popular