Pravda.ru

Notícias » CPLP


O Irã afirma que a Arábia Saudita repete a posição anti-iraniana de Israel

13.08.2015 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
O Irã afirma que a Arábia Saudita repete a posição anti-iraniana de Israel. 22728.jpeg

O Irã afirma que a Arábia Saudita repete a posição anti-iraniana de Israel em ralação a JCPOA

Marzie Afkham, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, denuncia "ilógico", afirmação  do Ministro das Relações Exteriores saudita, Adel al-Jubeir sobre o consenso nuclear alcançado entre Teerã e o G5 + 1, e acredita que regime de Riad repete a posição de Israel sobre o assunto.

O chefe da diplomacia da Arábia Saudita na segunda-feira acusou a Teerã de perseguir objetivos militares em seu programa de energia nuclear, apesar do entendimento alcançado entre o Irã e o Sexteto, que visa dissipar quaisquer dúvidas sobre a natureza pacífica das atividades nucleares do Irã.

De acordo com AfKham, Como representante sênior de um governo regional está irritado sobre a solução política das questões regionais e internacionais, não há dúvida de que (seu país) escolheu uma vida envolta em crises e problemas ", disse a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano Marzie Afjam.

Al-Jubeir falava durante uma conferência de imprensa conjunta realizada em Berlim, capital da Alemanha, com o seu homólogo alemão, Frank-Walter Steinmeier, afirmou que a recusa do Irã em relação a entrada de inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica ( AIEA) nos seus centros militares mostra que o país está construindo armas atômicas.

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Marzie Afkham, disse que as declarações chanceler saudita vêm de sua "indignação ilógica de um possível acordo entre o Irã e a comunidade internacional para acabar com uma crise desnecessária ( o programa do Irã nuclear)".

Ele lamentou que o Ministro das Relações Exteriores saudita, como representante de um país islâmico com suas demonstrações anti-iranianas ter repetido a posição do regime israelense. Arábia Saudita que se opõe ao consenso alcançado em 14 de Julho entre o Irã e o Sexteto (EUA, Grã-Bretanha, França, Rússia, China e Alemanha) sobre o Plano Integrado de Ação Conjunta (JCPOA), acusa Teerã de interferir nos assuntos internos de outros países da região e os temores de que um acordo nuclear final com o Irã concedidas maior influência no Oriente Médio.  Teerã rejeitou categoricamente tais acusações e disse que o JCPOA beneficiar a todos, especialmente os Estados da região , gerando maior segurança e estabilidade na região.

 

 
3179
Loading. Please wait...

Fotos popular