Pravda.ru

Notícias » CPLP


Chame o Gastão

13.05.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Santana do Ipanema (AL), A Pérola do Sertão, tem um histórico de resistência ao coronelismo. Nós nos orgulhamos de que a nossa população sempre repudiou as tentativas de quem quer que seja fazer do nosso município um curral eleitoral à maneira dos coronéis e suas tropas de jagunços, perseguindo e ameaçando quem contrarie seus interesses. Dizemos não à lei da mordaça" (Sérgio Soares Campos, sscsial@hotmail.com ).

Chame o Gastão!

por Fernando Soares Campos

Raízes Sertanejas é o nome de um programa da emissora de rádio comunitária A Voz do Sertão, em Areias Brancas, o maior povoado do município de Santana do Ipanema (AL). Com esse perfil, quem ainda não o ouviu deve imaginar que a programação é dedicada exclusivamente às manifestações culturais da região, dando-se destaque à música e expressões folclóricas do Nordeste. Certamente o programa veicula forró pé de serra, na voz de Luiz Gonzaga, o velho Lua, Rei do Baião, além de frevo pernambucano, cantorias de aboiadores e repentistas locais. Porém o programa, sob o comando de Sérgio Campos, todos os sábados, a partir das 17h00, surpreende com entrevistas e debates desenvolvidos sob os mais variados temas.


Há seis anos A Voz do Sertão está no ar e, desde o princípio, transmitindo o programa Raízes Sertanejas. Ultimamente os debates têm enfocado o momento político pelo qual Alagoas está passando, com doze deputados estaduais afastados do cargo por decisão judicial fundamentada em investigações e denúncias da Polícia Federal, que desencadeou a Operação Taturana, revelando o desvio e apropriação de verbas públicas da ordem de 280 milhões de reais.


Visitando a área rural do município, fazendo contato com os sitiantes das serras e pequenos vales que formam a bacia hidrográfica do rio Ipanema, afluente do rio São Francisco, pudemos constatar que o programa registra altos índices de audiência. Tivemos oportunidade de ouvir alguns radiouvintes declarar que, no dia e horário do programa, desliga o televisor, e toda a família acompanha os debates e entrevistas com manifesto interesse, principalmente quando os debatedores tratam de questões como, por exemplo, o voto consciente, e de tantos outros temas voltados para o exercício da cidadania.


O programa tem feito aflorar nos cidadãos ouvintes uma verdadeira consciência cívica. O povo daquela região tem manifestado apoio às novas diretrizes políticas adotadas pelo governo federal, em comum acordo com a administração estadual, que aceita, hoje, uma espécie de intervenção branca do governo Lula na área da segurança pública de Alagoas. A população sertaneja está atendendo aos apelos do superintendente da Polícia Federal no estado, José Pinto de Luna, cujas declarações à imprensa denotam insatisfação pelo fato de as forças reacionárias estarem pressionando para fazer recuar a atuação do Departamento de Polícia Federal em Alagoas.


Além de buscarem apoio político da bancada federal em Brasília, os deputados envolvidos nas falcatruas e sangria dos cofres públicos também ameaçam de morte juízes, promotores e quem mais possa estar empenhado na limpeza e moralização das instituições públicas do Estado de Alagoas; a exemplo do que aconteceu no Espírito Santo.


A Polícia Federal está fazendo sua parte, exibindo competência no desenrolar das diligências; o Judiciário tem atuado de forma contundente, e até mesmo as polícias estaduais já experimentam uma nova postura no combate ao crime organizado, à pistolagem e ao coronelismo que sempre ditou as ordens neste estado. Evidente que não se pode fazer a "faxina" de uma só vassourada, portanto alguns mafiosos ainda estão aboletados em cargos estratégicos. O Tribunal de Contas do Estado ainda tem como presidente Isnaldo Bulhões, pai do deputado "taturânico" Isnaldinho e marido da prefeita de Santana do Ipanema, Renilde Bulhões, cuja arrogância tem chocado a população santanense.


Em três meses de observação, pudemos verificar um altíssimo grau de rejeição àquela senhora. Até o presente momento as únicas declarações de voto em favor de sua reeleição partiram de funcionários contratados para exercer o "cargo" de cabo eleitoral. Durante esses três anos e cinco meses à frente da Prefeitura, Renilde Bulhões não realizou um só concurso público; porém ela usa e abusa da contratação de funcionários sob instrumento precário, submetendo os contratados aos seus caprichos, como se fosse patroa, e os funcionários estivessem ao seu dispor no âmbito pessoal.


Estimulado pelo sucesso da rádio A Voz do Sertão, em Areias Brancas, Sérgio Campos reuniu os amigos e fundou outra emissora comunitária, a rádio Boa Nova; desta vez na periferia da cidade, no bairro proletário Lajedo Grande. Porém tal fato ocorreu ano passado, portanto antes de se iniciar a "operação limpeza". Na época a comarca de Santana do Ipanema estava sob a responsabilidade do juiz Galdino José Amorim Vasconcelos, que mandou apreender os equipamentos da emissora, alegando que (pasme) a equipe de radialistas (gente simples, pessoas que falavam no linguajar do povo) estava abordando temas políticos.


Sentiram onde estávamos? Isso mesmo, estávamos vivendo pleno AI-5, com censura à imprensa, ameaças de prisão e... quem sabe, pau-de-arara; como nos velhos e traumáticos tempos da "redendora".


O juiz Galdino é velho conhecido da população santanense, que conta muitas de suas histórias. Algumas delas são de fazer arrepiar, a gente tem vontade de solicitar permissão ao cartunista Jaguar para usar um de seus personagens, Gastão, o vomitador, e descrever o meritíssimo com uma só palavra: BLEARRRRRGH!!!


Bom, acho que ainda falta alguma coisa... Ah, já sei! Chamem o japonês responsável pela descarga: VRRRUUUMMM!!!
(Pelo visto, a rede de saneamento básico que o governo Lula está instalando em nossa cidade já está funcionando. Te cuida, prefeita!)

 
6146
Loading. Please wait...

Fotos popular