Pravda.ru

Notícias » CPLP


Festival FONLAD

12.07.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Festival FONLAD. 26915.jpeg

O Projecto Videolab, em parceria com Galeria Santa Clara, o Círculo de Artes Plásticas, a Casa da Esquina e o Teatrão, apresentam a 13ª edição do Festival Fonlad.

DATAS:

14 a 22 de Julho de 2017

LOCAIS: CASA DA CULTURA, GALERIA SANTA CLARA, CÍRCULO DE ARTES PLÁSTICAS, CASA DA ESQUINA, OFICINA MUNICIPAL DO TEATRO

Na sua 13ª edição, o festival Fonlad recebeu mais de 450 propostas de filmes oriundos dos 5 continentes. Após a seleção final, o comissariado do festival escolheu uma lista de 45 filmes, metade dos quais haviam sido previamente apresentados no Museu da Água entre 2 e 11 de Junho.
Na sua programação para 2017, O Festival recebe a colaboradora e amiga, Francesca Fini (It), apresentará o seu mais recente trabalho performativo (Skin/Tone) com a colaboração de Jorgette Dumby, na Casa da Cultura, bem como o filme da sua autoria "Ofelia non Annega" no auditório do Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC Sereia). Para além do trabalho de Francesca Fini, serão também apresentadas na Casa da Esquina, duas obras realizadas em residência artística: uma performance por Paula Lafuente (Es) e uma vídeo dança de Carla Forte (Ven).
Em continuada parceria, serão apresentadas na Galeria Santa Clara várias vídeo - instalações em diversos espaços da galeria, entre as quais se apresentará o trabalho de Simon Guiochet realizado em residência.

A encerrar o programa a direção do festival irá apresentar na Oficina Municipal do Teatro (OMT) numa co-produção com O Teatrão, "Momentum", um evento com o objetivo de questionar a tradicional apresentação de uma sessão de videoarte, com várias outras intervenções a decorrer em simultâneo, entre as quais se referem performance, dança e outras, um conceito desenhado por Sérgio Gomes em parceria com diversos comissários de festivais internacionais.

PROGRAMA


14 JULHO
18H00
Inauguração (encontro com artistas e curadores presentes no festival)

Aberto ao público
Galeria Santa Clara

21H30
"Toni/Di Pelle (Skin/Tones)", performance de Francesca Fini (It)

Colaboração de Jorgette Dumby
Sala Polivalente da Casa da Cultura de Coimbra

21H00 - 24H00
Vídeo Instalações
(residência artística de Simon Guiochet)
Galeria Santa Clara


15 JULHO
17H00
"Ofelia non Annega", filme de Francesca Fini (It) seguido de conversa com Francesca Fini e Carlos Antunes
CAPC - SEREIA

21 JULHO
21H30
"Primitivo Virtual V 5.0", performance de Paula Lafuente (Es)
"Gestus", vídeo-dança de Carla Forte
(residências artísticas)
Casa da Esquina


22 JULHO
20H30 (com jantar incluído, reservas reservas@oteatrao.com 239 714 013 - 912 511 302)

21H30 (sem jantar)

"Momentum"
Evento multimédia com vídeo, performance, dança e outras
Oficina Municipal do Teatro

Preço dos bilhetes: 7 euros com jantar, 4 euros sem jantar

22H30

Instalação vídeo "Inframince Allors!", de Natália de Mello

 

23H00

Dança interventiva de Maria do Mar

Residências artísticas: Carla Forte (Ven/USA), Paula Lafuente (Es)
Artistas convidados: Francesca Fini (It), Natália de Mello (Pt), Simon Guiochet (Fr)
Comissários: Sérgio Gomes, José Vieira
Comissários convidados: Enrico Tomaselli (It), Gioula Papadopoulou (Gr), Mario Gutierrez Cru (Es), Simon Guiochet (Fr), Federico Daza (Col)
Parceiros internacionais: Magmart (It), MIDEN (Gr), L' Oeil Dodaaq (Fr), Proyector (Es)
Tradução e revisão de textos: Maria Clara Maia
Design: José Vieira
Produção: José Vieira, Maria Clara Maia, Sérgio Gomes, Carmo Almeida

Apoio à produção: Filomena Praça, Benvinda Araújo, Maria Inês Gesteira, Joana Guerreiro e André Silva
Espaços: Casa da Cultura, Casa da Esquina, Círculo de Artes Plásticas de Coimbra, Galeria Santa Clara, OMT - Oficina Municipal do Teatro
Apoio: Câmara Municipal de Coimbra, O Teatrão, Instituto Italiano de Cultura

Organização: Videolab

----------------------------------------------------------------------------

Francesca Fini

 

A edição de 2013 do festival Fonlad (https://www.youtube.com/watch?v=_gTwbU7YQEU) contou com a presença da vídeo artista e performer Francesca Fini, que apresentou a sua performance "Golden Age", como um dos seus momentos altos.

Quatro anos depois, a direcção do festival convida novamente a artista, ao acompanhar o seu trajecto notável em novas produções e descobertas.

A cada novo ano de festival a direcção procura encontrar novos caminhos para a produção e apresentação de trabalhos em vídeo, sempre em diálogo com as diferentes manifestações artísticas, nomeadamente a performance e a dança, espírito que pode ser observado no trabalho da Francesca. Esta comunhão, torna a sua presença novamente este ano, numa mais valia, com a apresentação de uma das suas últimas performances "Skin/Tone" (http://tonidipelle.tumblr.com) que pela primeira vez integra dois participantes, a própria Francesca Fini e Jorgette Dumby (artista convidada a colaborar).

A Casa da Cultura de Coimbra irá acolher a performance biométrica da Francesca, em que será utilizado um microscópio electrónico que explora os pormenores microscópicos da pele.

Francesca Fini estará também em Coimbra para apresentar o seu já conceituado filme "Ophelia did not drown", seguido de uma conversa com Carlos Antunes (Director do CAPC).

O filme "Ophelia did not drown" foi considerado pelo jornal "Il Manifesto" uma das melhores produções do ano, assim como um dos 10 melhores filmes do ano pela revista de cinema "BookCiak" (http://www.bookciakmagazine.it/10-film-letterari-piu-belli-del-2016) e consta ainda entre os 20 filmes seleccionados pelo célebre crítico Adriano Aprá para integrar o lançamento do "Fuori Norma", que é um projecto de promoção do novo cinema experimental italiano.

A conversa que se seguirá à apresentação do filme no Círculo Sereia, terá como tema "As linguagens híbridas de novos vídeos experimentais, entre 'found-footage', novos media, novas feministas e artes performáticas" e irá incidir sobre a ideia de combinar material de arquivo com material original e de trabalhar com esse arquivo de uma forma criativa.

 

Performance "Skin/Tone"

Dia 14 de Julho, na Casa da Cultura, pelas 21:30.

 

Apresentação do filme "Ofelia non annega"

Dia 15 de Julho, no Círculo Sereia, pelas 17:00.

https://theheroinejourney2016.wordpress.com/2017/07/05/the-heroines-journey-of-francesca-fini/

 Galeria Santa Clara

 Nos últimos anos, a Galeria Santa Clara, tem sido um destacado parceiro do Festival Fonlad.

Mais uma vez, de 14 a 22 de Julho, vamos "encher" o espaço da Galeria com um conjunto de instalações vídeo.

Este será também o ponto de encontro dos convidados do festival. Um local de encontro que pela velha parceria e qualidades do espaço se torna o lar do Festival.

Aqui o público poderá conversar e conviver com alguns dos artistas e curadores convidados.

É uma boa ocasião para gritar: "- Todos à Galeria!".

Além das instalações produzidas pelo Fonlad, no dia 20 de Julho, será a apresentação do resultado da residência do vídeo artista e curador francês Simon Guiochet. A partir das 21H30 já deverá estar a funcionar.

As instalações apresentadas na Galeria variarão, por esse motivo, valerá a pena fazer mais do que uma visita ao espaço.

A Galeria Santa Clara acolhe ainda a abertura do festival, no dia 14 de Julho, pelas 18H00. Estão todos convidados.

MOMENTUM

Oficina Municipal do Teatro

Dia 22 de Julho às 20H30 (com jantar) ou 21H30 (sem jantar)

 O Projecto Videolab tem procurado ao longo da sua história buscar novos caminhos para a miscigenação das artes.

Nesta procura constante, os seus eventos, foram servindo de laboratório de experiências artísticas, estéticas e filosóficas partindo de algo inspirador transmitido através das imagens em movimento.

O evento "Momentum" é o culminar de uma longa reflexão, mas ao mesmo tempo é também o ponto de partida para os seus próximos passos.

Que passos serão esses? Será o resultado da reflexão que inevitavelmente este evento proporcionará.

No dia 22 de Julho de 2017, decorrerá na Oficina Municipal do Teatro, esta co-produção entre o Projecto Videolab e "O Teatrão" que basicamente consiste num screening de videoarte impregnado de outras artes e manifestações artísticas.

A inspiração parte do vídeo através do qual um conjunto de curadores e artistas desenha um espectáculo que está a ser designado por "Momentum", porque este evento saiu de um impulso de uma certa quantidade de energia que se estava a acumular e que inevitavelmente iria dar em algo.

Uma das características principais deste evento, e que já vem na linha do que o Videolab tem vindo a explorar, é o facto de não haver um princípio e um fim muito definidos. Ao abrir das portas o "Momentum" já começou ou não, o público decide. A decisão do público se levantar e percorrer o espaço onde estarão algumas instalações e onde haverá outros momentos também cabe ao público.

 

MOMENTUM é uma sessão especial de vídeo arte onde diversas manifestações artísticas ao vivo se cruzam com vídeos complementarmente.

 

Filmes a apresentar:

 

Loud and Clear - Dietmar Krumrey - EUA - 2006 - 60'

Curadoria de Sérgio Gomes

 

Sinopse

Vestido com camisa, gravata e sapatos caros, giro em círculos enquanto grito "Atenção!" com um grande megafone preto enquanto um relógio na parede marca os segundos. É uma ação repetitiva que, ao mesmo tempo, parece totalmente absurda, mas, se vista como uma metáfora de comunicação e identidade em toda a sua vertiginosa incessantemente, o trabalho aproxima-se de algo muito mais comum, realista e terra-a-terra, enquanto permanece absurdo.

 

experience 002 - Miguel Peres dos Santos - Portugal/Holanda - 2'57''

 

Hotel 22 - Elizabeth Lo - EUA - 2015 - 8'09''

Curadoria de Mario Gutierrez Cru

 

Sinopse

Quando pensamos em Silicon Valley, tendemos a imaginar um mundo de extrema riqueza e cheio de oportunidades. O que esquecemos são as populações que foram deslocadas ou negligenciadas pelo recente boom tecnológico. O aumento dos preços dos imóveis na área criou custos de vida insustentáveis, especialmente para os pobres. Ao mesmo tempo, Silicon Valley não possui habitação acessível e abrigos para pessoas sem-abrigo.

Este Op-Doc (Documentário de Opinião) mostra cenas de um autocarro público durante a noite, que se tornou popular entre os sem-abrigo da região. (De acordo com um relatório do ano passado do Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano, 75 por cento das mais de 7.500 pessoas sem-teto na área de Silicon Valley não estão em abrigos, a maior taxa entre as principais cidades do país.)

A linha 22 é uma carreira de autocarro que funciona 24 horas em Silicon Valley, entre San Jose e Palo Alto. Os sem-abrigo pagam o bilhete para viajar no autocarro durante a noite ao longo do seu trajecto de hora e meia, descendo no fim do trajecto, e muitas vezes andando várias vezes de um lado a outro. Esta prática repete-se à anos, e o autocarro ficou conhecido como "Hotel 22."

Ouvi esta história quando vivi em Palo Alto como estudante na Universidade de Stanford. Foi um contraste tão grande com a imagem que eu tinha de Silicon Valley que decidi fazer o trajecto. O que vi parecia um microcosmos dos desafios que esta população despojada tem que enfrentar. E, apesar de geralmente o ambiente ser pacífico e a maior parte deles não criar problemas, os sem-abrigo por vezes entram em conflito com os outros passageiros da noite.

Filmei durante uma semana e editei as imagens de forma cronológica como se fosse tudo na mesma noite. Espero que este filme seja um alerta para as desigualdades desta nação que podem ser tão facilmente invisíveis.

 

V. - Adrian Regnier Chavez - 3'33''

Curadoria de Enrico Tomaselli

Balance Study - Jacob Tonski - 2008 - 1'40''

Curadoria de José Vieira

Sinopse

Um estudo em vídeo sobre o equilíbrio, isolado de um horizonte, inspirado por episódios desorientadores na vida.

 

010 - Riccardo Muroni, Itália, 2015, 11'11''

Curadoria de Gioula Papadopoulou

010 é o segundo vídeo de uma trilogia cujo tema é o "espaço-tempo". Refere-se a novas teorias baseadas na existência de mundos e universos paralelos, onde não somos apenas nós, mas muitos de nós. Isso continua a desconstruir a concepção antropocentrica do homem, porque o ser humano, em relação ao universo, não é nada mais do que pó de estrelas. 010 é uma "performance em camadas" ao longo do tempo, num determinado espaço: um conjunto de sal. No chão, há um quadrado que representa a estrutura cristalina de "NaCl" (sal). O (s) artista (s), representam os átomos encontrados no sal: Sódio e Cloro. Essas moléculas são posicionadas em locais precisos dentro da grelha, criando uma coreografia em que o espaço é gradualmente ocupado na sua totalidade e então tudo desaparece em nada, para que o ciclo se possa se repetir.

Atlas - Magda Gebhardt - 2'31''

Curadoria de Simon Guiochet

 

experience 003 - Miguel Peres dos Santos - Portugal/Holanda - 2007 - 1'38''

Curadoria de Sérgio Gomes

 

Sinopse

Voz de Manoel de Oliveira num filme de Wim Wenders. Uma reflexão sobre a percepção da realidade.

 

Panóptico Monumental / Escadas de Tele-Transporte

Vídeo sobre a Instalação de Vídeo "Máquina do Tempo"

Coletivo Individual (Federico Daza, David Caro, Sebastian Daza) - Colômbia

Curadoria de Federico Daza

Sinopse

A vigilância é a forma mais gentil de entretenimento, um jogo eficaz de diversão que é estruturado através de edifícios virtuais. O desejo de poder, triunfo ou de guerra, seria o intervalo de uma loucura absolutista, informação perdida de uma memória que constrói outra realidade que faz do subliminar, local de ficção e realidade. Uma observação controladora e de satisfação indefinida produzida ao mesmo tempo que somos espectadores da nossa própria vigilância, um sistema condicionado pela repetição de um narcisismo em rede que é reduzido a um voyeurismo codificado.

Referências: Giovanni Battista Piranesi - M. C. Escher

FONLAD 2017
14 - 22 Julho 2017 - Coimbra, Portugal
www.fonlad.net - fonlad.festival@gmail.com

 

 
18643
Loading. Please wait...

Fotos popular